Porque não me inscrevo mais em parcerias editoriais

fevereiro 07, 2018


Olá leitores!

Esse foi um tema que eu pensei bastante antes de falar sobre ele aqui no blog, mas eu sinto que algumas coisas precisam ser abertas para debate. Por isso mesmo, após lerem esse texto, sintam-se à vontade para comentar também ali embaixo!

Desde que eu comecei o blog eu via outros blogs literários fazendo parcerias com editoras. Para quem não é do mundo dos livros eu explico melhor: As editoras costumam manter blogs parceiros e oferecem seus lançamentos para esses blogueiros lerem os livros e depois resenhá-los. É claro que é dado um prazo de X dias para o blogueiro postar a resenha do livro. Isso é bom para a editora porque ajuda demais a divulgar e popularizar os livros e eles economizam uma grana alta em publicidade. Os blogueiros ganham livros de graça, entre outras coisas, então ficam satisfeitos também. 

Então eu achava isso legal e queria ter alguma parceria do tipo, por isso, sempre que um processo seletivo abria eu inscrevia o blog para participar. Entretanto, em três anos de blog, eu nunca passei na seleção de uma editora. Não sei dizer o motivo, pode ser por eu não falar exclusivamente sobre livros, ou por não ter tantos seguidores...

Independemente do motivo, essa sucessão de negativas foram me desestimulando cada vez mais a me inscrever. Entretanto essa foi só uma das razões que me fizeram desistir de me inscrever em parcerias. Outra razão foi o fato de eu já ter muitos livros não lidos na estante e perceber que se eu tivesse uma parceria, provavelmente não daria conta de ler tudo. 

Contei um pouco nesse vídeo aqui sobre como o meu "ritmo de leitura" mudou de uns tempos para cá. Tenho buscado ler os livros com mais calma e aproveitar mais a história do que ficar correndo para acabar uma leitura e depois não absorver nada do livro. Eu quis parar com essa "competição" pra ver quem lê mais e parar de ler algo só para ter um número grande de leituras e de resenhas aqui no blog. Isso estava se tornando um ciclo vicioso e eu não estava mais me divertindo tanto com as leituras. E as parcerias só botam mais pressão em tudo. 

Além disso, depois que eu comecei a ser colunista no blog Estante Diagonal é que eu realmente me dei conta de que não conseguiria conciliar as leituras. Eu me comprometi com a Joi e procuro ao máximo não atrasar as resenhas para o blog dela. Então acho que esse foi outro motivo bem forte para eu não me inscrever mais.

Eu tenho visto que algumas editoras sempre selecionam a mesma panelinha de blogs como parceiros, variando um ou dois. Geralmente esses blogs tem mais seguidores e já são meio que conhecidos no meio literário. Então foi o que faltava para eu realmente desistir das parcerias.

Entendo que o interesse das editoras é algo comercial e que eles não querem saber se tal blog que tem menos seguires talvez tenha um conteúdo bacana também. Mas, ao meu ver, se o nome é parceria e os blogs não são pagos para fazer divulgação, então o mínimo que a editora poderia fazer era divulgar os blogs assim como eles divulgam seus livros. Afinal de contas, por mais que façamos isso muitas vezes como hobbie, ainda assim dá trabalho e investimos tempo e/ou dinheiro nisso.

Também não vou dizer que nunca mais na vida vou fazer parcerias, mas com certeza vou analisar bastante isso. Porque hoje valorizo muito mais o que eu faço aqui no blog e, como eu disse antes, se o nome é parceria, então tenho que sentir que existe mesmo uma troca entre as partes.

E se você tem algo a acrescentar/discordar sinta-se livre para expor sua opinião nos comentários!

You Might Also Like

20 comentários

  1. Concordo com você, principalmente na parte da panelinha, esse foi o primeiro ano que inscrevi o blog, mas até agora não passei em nenhuma seleção, já esperava por isso pois tive alguns problemas no blog e perdi todo o conteúdo, tendo de recomeçar. Mas entendo que as editoras escolhem mais pela quantidade de seguidores, que as vezes nem interagem, do que pela qualidade do blog e o estilo do blog, se combina ou não com as editoras.

    ResponderExcluir
  2. É complicado mesmo... Essa parceria das editoras é puro interesse comercial. Apesar de ser válido para quem gosta de ler e resenhar livros, depende de muita organização - para realmente conseguir absorver a história e resenhar com qualidade.

    Acho que vale mais a pena não participar se não há condições de fazer um trabalho bem feito.

    Beijos.

    www.degradeinvisivel.com.br

    ResponderExcluir
  3. Normalmente as marcas só fazem parcerias com blogues já conhecidos...

    Um beijinho grande*
    Vinte e Muitos

    ResponderExcluir
  4. É mesmo um tema complicado, cada vez mais as marcas apostam nas mesmas bloggers!!

    Novo post: https://abpmartinsdreamwithme.blogspot.pt/2018/02/dream-valentines-gift-guide-for-her.html

    Beijinhos ♥

    ResponderExcluir
  5. Já tive um blog pequeno que teve parceria com uma editora (e só ganhei um livro em todo o processo, hahahaha). O que me desestimulou agora foi o fato de editoras não ligarem muito para blogs, agora eles veem mais são canais literários, o que me deixou meio tristinha, mas vida que segue.
    Também não quero ter prazos para ler, antes eu lia de 4 a 5 livros por mês para ter resenhas, hoje leio no mês um livro e meio e olhe lá, hahahaha, as obrigações da vida também ajudaram o meu ritmo a diminuir.

    VIENA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também já passei por isso no comecinho do blog.. Os blogs são muito desvalorizados mesmo, por isso nós blogueiras é que devemos nos valorizar!

      Excluir
  6. Oi, :)
    Também desistir dessa de parcerias com Editoras, tenho o blog Por Dentro do Livro, a 2 anos, tentei muitooo uma parceria, queria pelo menos um, mas nunca deu em nada. O que mais me frutava (me frusta) é sempre são selecionados os mesmos Blogs, com muitos seguidores, além do blog tem Canal no YouTube. Acho que as editoras deveriam dar mais chances para Blog pequenos, com poucos seguidores, e que não tem canal no YouTube, uma parceira mais simples, dar a chance desses blog crescer também.


    Espero que mais pra frente as editoras percebam que pequenos Blogs, um dia serão grandes!

    bjs
    =^.^=
    http://pordentrodolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E outra, são muuitos blogs que aceitam migalhas ao invés de se valorizar, por isso sempre vai ter mão de obra de graça para as editoras...

      Excluir
  7. Cara, real. Hahahah.
    Criei meu blog em 2014 e na época eu era desesperada para o blog alavancar, mas eu não tinha muita ideia e nem verba pra isso. Em 2016 e 2017 eu sumi do blog e voltei agora em dezembro.
    Nunca tinha ido atrás de parcerias, nem no começo com todo o desespero que eu tinha, mas eu comecei a me inscrever em parcerias com editoras esse ano. Sem muita esperança, porque meu blog tem uma miséria de seguidores.
    Pensei muito sob essa pressão de ter prazo para ler os livros, é meio ruim mesmo. Ainda mais que esse ano tenho diversos planos e nem sei se vou conseguir conciliar tudo. Acho que minhas leituras vão acabar diminuindo, infelizmente.
    As vezes blogs grandes nem possuem prazo para resenhar os livros, só mostram no bookhaul e já era.
    Agora escrevo no blog porque me faz relaxar, e me motiva a ler livros. Nem ligo tanto para o retorno, é mais como um hobbie mesmo. Mas perco muito tempo e energia pensando nos posts, tirando as fotos, fazendo o post, divulgando e tal.

    www.freakandcreepy.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, antes de tudo é preciso definir se o blog vai ser só um hobbie ou se vamos levar pro profissional. Porque aí a coisa muda né..

      Excluir
  8. Oi.

    Por um lado eu até te entendo. Para quem está no começo de um blog, é sempre mais dificil. No meu caso, foi um pouco diferente. Criei um blog, ele estava com apenas alguns meses no ar e tinha bem pouco seguidores, mesmo assim, fui selecionada por uma Editora grande como parceira. Nem acreditei na época; eles foram os primeiros que deram uma chance e acreditaram no meu trabalho. Estou há dois anos como parceira deles e torcendo para mais um ano. Depois disso, mais trêses editoras confiaram em mim, o que me deixou mais feliz ainda. Eu não sei bem como fui selecionada, sabe? Eu as vezes vejo que algumas editoras preferem manter seus parceiros de anos, a escolher novos; outros vão pelos números. Eu não posso diZer como são feitas as escolhas deles. Este ano fui selecionada pela Companhia das Letras, enquanto outros blogs que conheço e são muito bons, acabaram não sendo escolhidos. Acredito que algumas editoras levam muito em conta se você lê muitos livros deles e se o seu blog faz o perfil que eles procuram.

    Espero que você não desista para sempre de parcerias. Nem digo a quantidade de "nãos" que já ouvi, mesmo assim, eu sempre tento novamente, vai que uma vez dê certo.

    Beijos.
    www.livrosecafe.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É que já são quase quatro anos de nãos e percebi que o retorno de uma "parceria" simplesmente não vale a pena tanto esforço. Mas não vou dizer nunca. kk

      Excluir
  9. é praticamente a msma coisa que acontece no mundo da beleza, eu tbm nao vou mais atras de parceria, ja tive mts experiencias ruins com isso

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  10. Difícil isso.
    Sabe aquela coisa do "venha nós e vosso reino nada"?
    Eu não gosto quando essas coisas acontecem. Muitas editoras nos tratam como anônimos. Claro que tem outras que se salvam. A Faro, por exemplo, ela tem uma página em que coloca as logos dos Blogs e tal. Seguem os parceiros no Instagram e assim por diante.
    Porém, tem outras que nem sabem que você existe.
    Isso pra mim não é parceria, é interesse puro.

    Beijos,
    Naty
    http://www.revelandosentimentos.com.br/

    ResponderExcluir
  11. É muito complicada essa história de parceria, tanto literária quando em outros âmbitos, porque normalmente as marcas não "enxergam" nosso trabalho de verdade, acham que estão nos fazendo um enorme favor. Sendo que na internet as coisas são muito subjetivas... A pessoa não vai necessariamente clicar no link da empresa e comprar o produto direto do seu blog... ela vai ver, vai ficar com aquilo na cabeça e pode passar numa livraria e comprar porque viu sua resenha, mas isso eles não tem como saber e não pensam que toda essa fonte de observatório e vitrine que os blogueiros geram é MUITO importante. Me incomoda demais esse comportamento superficial e depreciativo. Inclusive, achei esse vídeo que tu gravou sobre o ritmo de leitura muito interessante e é muito bom que além disso ainda tenhas proposto a discussão em texto aqui no teu blog, espero que mais pessoas possam ler isso, e que um dia possamos mudar esse sistema de parcerias tão falho.

    Beijos,
    brilhodealuguel.com

    ResponderExcluir
  12. Concordo completamente com você na questão de às vezes a gente ficar tão presa tentando ter um ritmo de leitura acelerado que acabamos não aproveitando direito a leitura, e isso é muito ruim! Tenho me observado quanto à isso, e tentado não deixar isso acontecer. O mais importante sempre deve ser curtir o livro! Pelo que percebi algumas editoras tem uma relação superficial com o blogueira e se importa apenas com o retorno. Mas já vi algumas outras divulgarem os blogs parceiros e manter uma parceria bacana. A questão é observar para ver qual é a melhor opção, como você disse. Super adorei seu post.
    Florescer Palavras

    ResponderExcluir

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Obrigada por me visitar!
Beijos.

contatoooldr@outlook.com

Canal

Canal
Se inscreva!

Facebook

Estou lendo

Estou lendo