De cara limpa

janeiro 29, 2018


Olá leitores!
Há alguns dias atrás eu assisti um vídeo da Nátaly Neri, do canal Afros e Afins em que ela se desafiou a ficar uma semana sem maquiagem. Nessa semana ela teve que sair, resolver coisas de trabalho e encontrar pessoas. Vou deixar o link do vídeo aqui para vocês conferirem, é muito interessante! (Aliás a Nátaly é uma pessoa incrível, recomendo que conheçam melhor o canal dela!)
Eu percebi que nunca tinha saído para ir trabalhar ou ido a um lugar mais longe da minha casa (como o shopping ou restaurante) sem maquiagem. E depois eu percebi o quanto eu estava sendo refém dela. 

Então eu decidi fazer o mesmo teste que a Nátaly e sair alguns dias sem maquiagem. O calor forte do verão e acordar cedo também contribuíram para essa decisão, já que eu tenho que acordar meia hora mais cedo só pra passar maquiagem. Tudo isso para, no meio do dia, a base já estar craquelando, a sombra já ter sumido, o lápis ter borrado e o batom ter saído depois do almoço. 
No primeiro dia, a primeira coisa que eu ouvi (antes até do bom dia) foi: VOCÊ TÁ DOENTE? E essa pergunta se seguiu pelo resto do dia, com algumas variações como "Você tá bem?" ou "Não dormiu hoje?".

Esclarecendo um pouco as coisas, eu tenho olheiras roxas e bem visíveis. Como a pele do meu rosto é clara, dá para ver cada manchinha e imperfeição. Então dá uma grande diferença de quando eu não uso nada a não ser, no máximo, um protetor solar ou hidratante.
No segundo dia não me perguntaram tanto se eu estava doente, a não ser aquelas pessoas que não tinham me visto no dia anterior. Já no restante dos dias eu ouvi comentários de outras mulheres dizendo que tinha que se maquiar para ir trabalhar, para ficar mais apresentável ou com cara de acordada. 

E no fim disso, quando eu finalmente resolvi aparecer maquiada de novo, me perguntaram se eu ia encontrar alguém ou se ia sair. O mais absurdo foi ouvir "Nossa, para quem você tá se arrumando?". Como se eu só me arrumasse para homem. Como se a aparência da minha cara girasse em torno de outras pessoas. 

Enfim, o que eu tirei dessa experiência é que me senti muito livre sem maquiagem. Poder esfregar a cara sem me preocupar em borrar nada. Ou não ter que retocar a base e o batom. Não é que eu não goste de maquiagem, na verdade eu amo! Adoro assistir tutoriais na internet e me seguro para não gastar todo o meu salário em produtos novos. A questão é que eu não quero ter a obrigação de me maquiar todos os dias e quero me sentir bem sem nada para cobrir minha cara. 
Acho que eu acabei aprendendo a gostar dos meus defeitos e do meu rosto como ele realmente é. E se você quer sentir isso também, recomendo a experiência!


You Might Also Like

6 comentários

  1. Oi, Raí!
    Fui me sentindo revoltada enquanto lia o seu post. Nós, de fato, estamos cada vez mais reféns da maquiagem. Eu também adoro usar, mas várias vezes já saí de casa sem nada, para ir ao mercado, a casa de algumas pessoas, etc., até mesmo para ir para a faculdade. É tão bom mesmo poder esfregar o rosto sem medo de borrar algo.
    Enfim, obrigada por compartilhar essa experiência conosco.
    Beijão

    ResponderExcluir
  2. Ai ai, o povo é cruel demais!
    Eu faço maquiagem, básica p ir trabalhar ou p saidinhas básicas
    mas p sair a noite, ou c marido, ou p festa, gosto e me sinto mais confortável de maquiagem
    principalmente pq n sou mt fã das sardas do meu rosto!

    Bjooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oláá! Tudo bem?
    ahh esse é um grande desafio! também não consigo sair sem maquiagem! claro que fico sem maquiagem entre família, amigos e pessoas da vida particular. mas trabalho acho que nunca iria. hehe
    poxa, mas olha só esses comentários! as pessoas são impressionantes.. ''/
    beeijo

    https://lecaferouge.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Cara, é uma loucura isso, né? Da gente se sentir tão refém da maquiagem e achar que só assim pra sair "digna" na rua, querer esconder imperfeições e diferentes tons do rosto, gente, essa é a vida real!! É assim que as coisas são, sabe? Eu me sinto pressionada e me sinto feia se saio sem maquiagem, mas sinceramente eu fico 6 dias da semana se maquiagem e só me maquio pra algum evento, pra uma ocasião ou quando tô afim, porque morro de preguiça (pra tirar depois e tal, até porque maquiagem + demaquilantes costumam irritar bastante meu olho, pele etc). É um caminho longo de aceitação e mudança dessas paranoias, né? Bem bacana essa iniciativa!


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir
  5. nao da pra ser refem mesmo! eu amo maquiagem, mas ela está ao meu favor, e nao gosto de me sentir presa, no dia a dia saio muito sem maquiagem, e se quiser usar tbm uso e ta td bem, temos que ter essa relação mais a vontade com a maquiagem

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  6. Adorei seu texto de reflexão, antigamente não conseguia sair sem maquiagem ou ate mesmo mascara de cílios, mas de uns tempo pra cá comecei a usar menos e realmente senti uma sensação de liberdade sem precisar estar o tempo todo com aquela mascara e sim de cara limpa por ai!
    Beijos boa semana
    bellapagina.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Obrigada por me visitar!
Beijos.

contatoooldr@outlook.com

Canal

Canal
Se inscreva!

Facebook

Estou lendo

Estou lendo