Diário da Raposa: Estar desempregada é uma m*

dezembro 01, 2017


Olá leitores!

Hoje o assunto não é positivo. Mas se tem uma coisa que eu aprendi nesses quase quatro anos de blog é que se tem algo me incomodando na vida, preciso mais é desabafar mesmo. Ficar guardando os problemas pra si só piora as coisas.

Pois bem.

Quem lê com o mínimo de frequência as postagens aqui do blog, sabe que eu estou desempregada há algum tempo. Não estou completamente parada, faço um trabalho aqui e outro acolá. Mas já faz quase um ano que não tenho nada fixo. 

E isso é uma merda!

Vou enumerar aqui os motivos da minha frustração:

1 - Nunca ter dinheiro

O primeiro e mais irritante aspecto dessa situação é nunca ter dinheiro. E quando tem ele vai embora mais rápido do que gelo no deserto.
Então estreia algum filme que eu quero ver no cinema, lança algum livro que eu estou louca pra ler, ou até mesmo algum amigo chama pra sair e você não pode fazer nenhuma dessas coisas porque não tem grana. 
É claro que no meu caso ainda pinga uma coisinha de vez em quando, mas ainda assim não é o suficiente para me libertar dessa agonia.
Infelizmente o dinheiro nos move, sem ele não dá pra fazer quase nada.

2 - Ficar em casa

Você caro amigo que tem um trabalho, ou que até estuda, deve achar esse item ridículo, afinal todo mundo gosta de ficar em casa sem fazer nada. Mas você só valoriza seu tempo em casa porque trabalha ou estuda (ou faz os dois). 
Quando estamos em casa por causa do desemprego a coisa é bem diferente. Primeiro por causa do motivo acima, a falta de grana. 
E segundo porque em casa, todos os dias, sem nada pra fazer não faz bem a ninguém. No começo é até legal, mas depois de um tempo o tédio e a inércia começam a tomar conta e você começa a se sentir preso na própria casa.
Não tem ninguém pra conversar pessoalmente, não tem motivo para se arrumar e se sentir bem com sua aparência e nem conhece pessoas novas. É um saco!

3 - Tarefas de casa

Como você é a única pessoa em casa sem trabalhar, consequentemente as tarefas domésticas sobram todas pra você. A não ser que você seja homem.... É claro que eu também não sou nenhuma Isaura, mas vocês entenderam. 
E não que isso seja injusto, muito pelo contrário. Mas o sonho de ninguém é ficar em casa lavando louça ao invés de sair por aí e ganhar dinheiro né?

4 - Procurar emprego

Hoje em dia, principalmente, procurar emprego tem sido mais difícil do que achar um gato que goste de tomar banho. Fico quase todos os dias nesses sites de emprego me candidatando a vagas, mas sou chamada poucas vezes para fazer entrevistas.
Isso quando tem vagas que pagam um salário justo e não exigem que você se mate de tanto trabalhar. E quando é chamado para as entrevistas, alguns recrutadores nem deixam você completar as suas respostas direito.
Uma vez fiz uma entrevista que durou exatamente cinco minutos. Sério.

5 - Cobrança

O último e mais triste item é a cobrança que sofremos. 
Algumas pessoas perguntam para nós se estamos mandando mesmo currículo, se estamos nos mexendo para sair dessa situação como se fosse algo de que gostamos. E quando respondemos que sim, estamos fazendo de tudo, ainda recebemos aquele olhar desconfiado. 
Como se emprego estivesse brotando das árvores.
E a cobrança vem de todos os lados, de amigos, de "conhecidos", de vizinhos, da mãe daquele seu amigo que você não fala há anos, da família, da tia chata que você só encontra em final de ano.....Enfim. Todo mundo quer te cobrar, difícil mesmo é achar alguém que te ajude!


You Might Also Like

6 comentários

  1. Oi, Rai!
    Compartilho de todos os pontos que você enumerou. Estar sem emprego é um saco mesmo. Estou aproveitando esse tempo pra aprender algo que me traga dinheiros hahhahahha
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe das promoções em andamento e ganhe prêmios maravilhosos

    ResponderExcluir
  2. Cara, eu não poderia me identificar mais, sério. Tô passando pela mesma situação, todinha da lista e não tenho certeza de mais nada, não tenho planos e muito menos grana, tô completamente perdida e sinto demais essa cobrança das pessoas e de mim mesma, parece que tô desperdiçando meu tempo e minha vida e que nada acontece enquanto pessoas estão realizando coisas grandes e evoluindo como seres humanos kkk (tô rindo mas é de desespero). As coisas talvez fiquem melhores no fim do ano agora pq vou viajar um pouco e juntei cada mísero centavo pra isso mas depois não sei mais nada tbm :(

    Beijo
    brilhodealuguel.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, Raissa! Tudo bem? Estou passando por isso agora mesmo. É muito ruim ficar só em casa o tempo todo, não ter dinheiro, um propósito, etc. Gostei do post! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Rai,
    Deu vontade de te abraçar com esse post, sério.
    Com essa crise do c* está muito difícil encontrar emprego e, quem tem, mesmo que seja escravo. As pessoas, também, não acreditam que você está procurando. Acham que você gosta da sua condição e, por conta disso, te lotam de coisas pra fazer todos os dias, afinal, você é um desocupado.
    Espero que isso resolva logo pra ti, pois sei como é péssimo.
    Boa sorte!
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  5. Oi, Raí!
    Que bacana encontrar seu post hoje e nesse momento, pois há alguns minutos atrás eu estava fuçando em grupos de emprego aqui da minha cidade algo para fazer. Aliás, acabei de imprimir alguns currículos para distribuir amanhã.
    Raí, eu imagino toda a sua angústia. Eu estou me sentindo desempregada há alguns dias e já estou bastante angustiada, com o tempo, certamente vai ficando pior.
    Sem dúvida, a cobrança das pessoas é o pior de tudo. Elas não entendem, parece que nunca ficaram desempregadas na vida!
    Mas eu espero que aconteçam coisas boas para você em 2018, apesar de estarmos passando por uma época complicada. Desejo muita sorte pra ti! ♥
    Um super beijo!
    Thami, Blog Historiar.

    ResponderExcluir
  6. Oiiiii Raissa!
    Eu ameiiiiii o seu post por ele ser tão realista. Concordo plenamente com suas palavras, é do jeitinho que vc escreveu.
    Espero muito que vc consiga um emprego que goste ou que ter ajuda a sai da sua rotina atual.
    Beijos
    Ari
    www.oquetemnanossaestante.com.br

    ResponderExcluir

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Obrigada por me visitar!
Beijos.

contatoooldr@outlook.com

Canal

Canal
Se inscreva!

Facebook

Estou lendo

Estou lendo
A Maldição do Tigre