Resenha: Princesa de Papel

novembro 22, 2017



Olá leitores!
Hoje o post é sobre esse livro surpreendente que li esses dias. 

Princesa de Papel conta a história de Ella Harper, uma garota determinada, que faz de tudo para sobreviver. Ella morava com sua mãe, porém ela morreu de câncer e, desde então, Ella se sustenta sozinha pois tem medo de ir parar em um abrigo para menores. Ela está acostumada a fugir, de cidade em cidade e esconder quem realmente é.
Entretanto, um dia um homem aparece em sua atual escola alegando ser seu tutor legal. Ella fica assustada e tenta fugir de novo, mas Callum Royal a encontra e a leva para sua casa.
Callum tem cinco filhos homens e logo de cara Ella é recebida com hostilidade. Agora a garota que estava acostumada a se virar sozinha e ser independente, terá que aprender a conviver com sua nova família.



Título: Princesa de Papel
Editora: Essência
Gênero: YA, NA, Romance
Páginas: 368
Ano: 2017

Antes de comprar esse livro eu já tinha ouvido falar bastante dele, mas tinha uma ideia completamente diferente do seria a história. Por este motivo esse livro foi muito surpreendente para mim. Mas de um jeito positivo! Mesmo sem saber direito sobre o que o livro se tratava, eu tive uma ligação com ele logo de cara. E esse sentimento se confirmou assim que eu comecei a leitura!

"Você deve saber que qualquer que seja o jogo que está jogando, você não pode vencer. Não contra todos nós. Se você for embora agora, você não será machucada. Se você ficar, nós vamos te quebrar tão profundamente que você vai precisar rastejar para ir embora."

Logo nas primeiras páginas me vi presa à história, conhecendo melhor a protagonista, Ella e me identificando com sua personalidade. Ella é independente e super determinada, não deixa que ninguém a diga o que fazer. E mesmo quando ela é obrigada a mudar de cidade e ser infiltrada em uma nova família, ela consegue manter suas vontades e bate o pé para ser respeitada.



Erin Watt é, na verdade, um pseudônimo para as autoras Elle Kennedy e Jen Frederick. Eu já conheço (e amo!) a escrita da Elle e consegui identificar o toque dela na história. E a união dessas duas autoras não poderia ter dado mais certo! A história é contagiante e me deixou vidrada no livro de um jeito que não acontecia há algum tempo.

Esse sentimento é o mesmo que eu tenho quando estou lendo algum livro da Colleen Hoover. E esse é um baita elogio vindo da minha parte, já que a COHO é minha autora favorita! Esse livro conseguiu mesmo me prender do início ao fim, tanto é que finalizei a leitura em menos de dois dias.



Outro motivo para eu ter gostado tanto do livro foram os cinco irmãos Royal, que são apaixonantes. Gideon, o mais velho deles, está na faculdade e não é tão presente na história. Quem rouba o coração do leitor mesmo é Reed, que parece ser o alfa dos irmãos. Todas as decisões vem dele, inclusive na escola onde eles estudam. 

A família Royal praticamente manda na escola e dita todas as regras. Então todos seguem rigorosamente as vontades de Reed e que não sigam para ver o que acontece! Ella tem dificuldade em aceitar isso, já que sempre viveu segundo suas próprias regras e, por este motivo, ela e Reed tem muitos atritos. É uma relação cheia de faíscas, mas essas faíscas não são sempre de ódio...



Os dois são obrigados a conviver diariamente e batem de frente o tempo todo. Mas a atração sexual entre eles é inegável e inevitável. Então eles acabam brigando mais, só pela frustração de não poderem dar vazão ao que sentem.

Enfim, o livro é apaixonante e conquista o coração de qualquer fã de um bom New Adult com uma pitada hot. A única crítica que tenho é em relação a uma certa cena do livro, que eu até cheguei a discutir com a Joice do blog Estante Diagonal. Mas fora essa cena em particular o livro foi perfeito para mim!


You Might Also Like

4 comentários

  1. Oi Raíssa
    eu terminei esse livro esses dias!
    Também imaginava outra história pra o título e capa
    hehehehehhe
    Mas foi uma surpresa positiva!
    Gosto mt da escrita da Elle e fiquei feliz qd soube que o livro era dela + outra pessoa!

    Tantas e tantas vezes eu tive vontade de dar colo p Ella, coitada, um baque atrás do outro.. Os Royals me deram nos nervos em vários momentos mas me rendi a eles, menos a Gideon. Não consigo gostar dele hehehehe terminei ontem 'Príncipe Partido'

    Bjooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia o livro ou a autora, pela resenha parece ser interessante de se ler.

    Beijos
    http://orangelily.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Rai, tudo bem? Gostei muito desse livro! Primeiro: QUE CAPA MARAVILHOSA!
    Gosto muito de livros neste estilo e to precisando mesmo de uma nova leitura!

    Beijos e parabéns pelo blog! :)
    • www.deixeapenasfluir.com.br •

    ResponderExcluir

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Obrigada por me visitar!
Beijos.

contatoooldr@outlook.com

Canal

Canal
Se inscreva!

Facebook

Estou lendo

Estou lendo
A Maldição do Tigre