Coisas que aprendemos com a internet

novembro 21, 2017

A internet é um mundo vasto de conhecimento, onde aprendemos uma série de coisas e absorvemos todo tipo de informação. Porém, nem sempre é assim. Entenda.

Quem não gosta de em questão de segundos ter acesso a todo tipo de informação? Com apenas um clique ler, ver e ouvir sobre todo e qualquer assunto, onde aprendemos sobre ele sem precisar levantar a bunda da cadeira. Mas isso também nos ensina algumas coisas, um comportamento negativo que é muito fácil observar.

Falando assim, parece um sonho. Mas hoje já é uma realidade que nossos pais e avós jamais sonhariam em suas respectivas épocas em que tinham nossa idade. O grande problema é que infelizmente, tudo aquilo que vem fácil não recebe o devido valor, e a internet que era para ser uma fonte inesgotável de conhecimento, e porquê não diversão, acaba virando um muro clandestino de lamentações, onde se vê todo tipo de absurdo no qual algumas pessoas se comportam de forma bem estranha.

Pensando sobre isso me vem à cabeça a fatídica cena do filme Spiderman, quando o saudoso “Tio Ben”, praticamente um mago do conhecimento humano, começa a lidar com a ingrata tarefa de educar o jovem, e então recém-poderoso, Peter Parker. Nessa cena em questão, Tio Ben solta a seguinte frase “com grandes poderes vem grandes responsabilidades”, caraca! Que ensinamento.

Leia também: E se fosse você?

Fazendo uma alusão com o tema do post, é esse cenário que podemos adaptar. A internet ofereceu um grande poder para todo mundo, mas responsabilidade passa longe. As redes sociais criaram uma quantidade absurda de especialistas em assuntos gerais, onde a galera se acha expert em tudo, mas que alguns não sabem interpretar o que você diz e se sabem, fingem que não sabem.

Pior do que isso, por qualquer coisa você já é agredido, xingado, e acusado de ser petista.

É gente compartilhando todo tipo de absurdo, defendendo o indefensável, acreditando em Fake News, até porque “se está na internet é verdade”...e por aí vai. E olha que nem vou citar os crimes cometidos, pois isso nem está em questão aqui.

Aí alguns vão dizer, “mas, Handerson, a internet é assim mesmo, reclamar disso é mimimi (uma das expressões que mais me dá preguiça)”. Honestamente, não é! E se for, não deveria ser.

Claro que não estou dizendo que a internet, sobretudo as redes sociais, têm que ser obrigatoriamente e durante todo o tempo um grupo de discussão filosófico, onde é uma espécie de clausula pétrea ser debatido assuntos com extrema profundidade, pelo contrário, é divertido rir das coisas, criar, curtir e compartilhar memes, ver vídeos engraçados. As coisas só começam a desandar quando a intolerância ganha mais poder do que a parte divertida, séria ou responsável.

Longe de mim querer pautar a forma como cada um se comporta na internet, se até no mundo real cada um tem o direito de falar e fazer o que quiser, imagina nas redes sociais, onde você se quer ver a cara do indivíduo do outro lado da tela, mas que é muito poder na mão de gente sem responsabilidade é fato, até o Tio Ben concordaria.

                                                                                   

You Might Also Like

1 comentários

  1. bacana o post, tem muita coisa circulando pela internet mesmo e cabe a cada um filtrar oq absorver

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Obrigada por me visitar!
Beijos.

contatoooldr@outlook.com

Canal

Canal
Se inscreva!

Facebook

Estou lendo

Estou lendo
A Maldição do Tigre