O que responder para a pergunta: “Está tudo bem?”

setembro 18, 2017


O título desse post, em um primeiro momento, pode parecer totalmente sem sentido, mas trago-lhes verdades. Ele não é!  Pelo menos não totalmente. Explico.

Um dia desses estávamos eu e Raíssa divagando para o seguinte questionamento: Quando vamos cumprimentar uma pessoa e ela nos pergunta se está tudo bem, o que devemos responder?

Pode parecer estranho, mas a resposta mais sincera, lógica e racional do mundo seria um "NÃO", pois, por mais que nossa vida esteja indo de vento em polpa, as coisas dando certo como nunca, é praticamente impossível estar tudo bem em todos os seguimentos, certamente algo ainda não está “tudo bem!” em nossa vida.

Entretanto, aqui cabe uma ressalva, como Nelson Rodrigues de forma brilhante já nos alertava “toda unanimidade é burra”, logo, é possível que alguém, em algum lugar desse planeta esteja totalmente satisfeito com seu momento atual, embora eu, pelo menos, nunca tenha cruzado com essa gente abençoada que se encontra nessa incrível situação. Então, aqui, estou me direcionando para os 99,9% restante.

Ou se está feliz na vida pessoal e descontente na profissional, ou descontente em ambas, ou então, está bem nas duas, mas algum problema de saúde aparece... enfim, é quase impossível estar sempre tudo bem, na maioria das vezes tem algo que nos incomoda, nos deixando chateados.

Evidente que reconheço que quando alguém faz esse tipo de pergunta ela não está sendo literal, ela não espera que você disserte sobre os prós e contras de seu momento atual, e o que deveria ser apenas uma troca simples de cumprimentos se transforme em um divã improvisado na calçada de casa enquanto segura as sacolas do supermercado ou na fila do banco, ela busca apenas ser o mais educada possível, mas a moral e os bons costumes irão nos forçar a responder “tudo e com você?”, mesmo sendo nós sabedores que isso não é totalmente honesto.

O que devemos fazer, e aqui vai uma opinião pessoal, é aproveitar esse tipo de reflexão, para fazer uma boa análise de onde nós estamos e onde queremos chegar. Identificar qual passagem da nossa vida não está “tudo bem” e ir atrás da solução. Pelo menos isso eu consegui tirar de lição para essa conversa de surdo e mudo.

Se for o emprego que não caminha bem, buscar um melhor, se é um relacionamento abusivo, se afastar dele, se é a saúde que não anda legal, melhorar os hábitos e ser mais saudável... e por aí vai.

Quem não quer estar bem em tudo, não é mesmo? Ou pelo menos nas principais coisas que necessitamos para sermos felizes. Para a maioria das coisas, acertar o que não está bem só depende de nós mesmos. Não é fácil, pode levar tempo, esforço, certo sacrifício, mas no fim cabe a nós mesmos qualquer tipo de resolução. Para poucas coisas na vida alguém fará isso por nós, e mesmo assim se alguém o fizer, a chance de ser um parente muito próximo, como nossa mãe por exemplo, é imensa.

No fim das contras nem eu nem Raíssa chegamos a um consenso do que responder nesses casos, mas após essa situação rondar minha cabeça eu pretendo seguir meu próprio conselho. Quem sabe assim daqui a algum tempo quando alguém me perguntar se está tudo bem comigo eu possa dizer a plenos pulmões “Simm”, por estar de fato TUDO BEM e dessa forma estar apto a me juntar a aqueles 0,01%.

You Might Also Like

4 comentários

  1. Oi Handerson
    Que post incrível p começar a semana!
    Hj msm eu vim trabalhar meio mal, e mesmo eu me arrastando as pessoas me perguntavam: Oi e aí td bem? Hahahahaa claro que n tava MAS eu respondi: Só umas dores mas de resto td ótimo! hehehehe
    NADA ÓTIMO, qria tá em casa, na minha cama, mas ning precisava me ouvir reclamar né?! hehehehe
    Achei super válida a reflexão!

    Bjooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oláa Fernanda!! "Tudo bem??" hahah
      Poxa, que bom que gostou do texto, fico muito feliz. É assim mesmo que ocorre, as pessoas perguntam e nunca da pra dizer que está tudo bem, mas vamos nos conformando em responder que sim...e essa situação que aconteceu com você também passo direto também.
      Mas quando você tiver em casa vai poder descansar e pelo menos desse mal se recuperar. Melhorasss!!! haha
      Beijooss!!

      Excluir
  2. Olá! :)
    Gostei muito do texto.
    Eu sempre respondo "tudo bem", apesar de não estar. É automático!
    Mas sempre tem aquelas pessoas que sentem que não estamos bem, aí me permito desabafar.
    Gostei da reflexão.

    bjos
    eu-ludmilla.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Tudo bem com você Ludmilla?" hahh
      Mas é assim mesmo, automático e a gente nem se da conta de que na verdade não está tuuudo assim tão bem, mas pode e vai melhorar. E realmente é bom quando alguém tem a sensibilidade de identificar a real situação e aí sim um desabafo cai bem né!?
      Fico feliz demais que você tenha gostado do texto e da reflexão.
      Beijooss!!

      Excluir

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Obrigada por me visitar!
Beijos.

contatoooldr@outlook.com

Canal

Canal
Se inscreva!

Facebook

Estou lendo

Estou lendo
A Maldição do Tigre