Todo blogueiro passou ou passará por uma "crise existencial"...



Todo blogueiro passou ou passará por uma "crise existencial"...

Olá leitores!
Hoje vim falar um pouco sobre aquela crise existencial que todo blogueiro passou ou vai passar em algum momento. Eu mesma já passei por isso e acho super normal e até saudável que esse questionamento de identidade e proposito venha a acontecer. 
Caso você não esteja entendendo muito bem, eu explico. A crise existencial que estou falando é aquela sensação estranha que bate em nós quando nos perguntamos o que estamos fazendo na blogosfera. 
Aposto que a maioria dos blogueiros que estão lendo esse post sabe bem como é isso.
Quando criamos um blog estamos empolgados com a ideia de escrever posts e dividir opiniões, pensamentos ou seja lá o que for com nossos leitores. Mas aí a vontade de que os números cresçam começa a tomar conta de nós e da nossa criatividade e passamos a escrever para os números e não mais para nós mesmos.
Por fim, percebemos que não é tão fácil assim ficar rico e famoso com o blog como a Bruna Vieira faz parecer. E é aí que vem a crise existencial.
É claro que esse processo pode ser diferente para cada um, mas todos acabamos chegando ao mesmo questionamento: "O que eu tô fazendo aqui?"
E então, caro blogueiro, é nesse momento que você deve decidir se está nessa pela fama e dinheiro ou se realmente ama produzir conteúdo para o seu blog, independentemente se ele será lido ou não.
Como esse texto aqui, que vai passar batido em vários grupos de divulgação no facebook ou não será lido pelos meus amigos das redes sociais. Mas ainda assim será publicado e estará online para quem quiser ler. 
E se você chegou ao final dele, muito obrigada e boa sorte na sua própria crise! :)


Comentários

  1. Oiêêê!
    Li e cheguei até o final, hahaha. :P
    Então, crise sobre o que estou fazendo não tive, mas tive crise do tipo "o que eu faço está fazendo diferença na vida de alguém?". Mas passou rápido.
    Eu faço por mim e se alguém for incentivado a ler os livros, melhor ainda.
    :D

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com
    www.livrosdateca.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah esse também é um questionamento que eu já fiz! Também cheguei a essa conclusão. O que passarmos para nossos leitores é um bônus!

      Excluir
  2. Oi Raí.
    Já passei por essa crise mais de uma vez ao longo desses quatro anos que faço parte da blogosfera e em todas elas, chego à conclusão de que não consigo me imaginar vivendo sem blogar e continuo porque eu realmente amo fazer o que faço.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também sempre acabo chegando nessa conclusão haha

      Excluir
  3. Oie.
    Eu ja passei por essa fase "Afinal o que estou fazendo na blogsfera?".Não comecei afim de ganhar fama e dinheiro , mas mesmo assim ficava chateada por criar as coisas seu conteudo.Mas senti falta na época que me afastei e então com alguns incentivos eu voltei.
    E hoje eu vejo um pequeno retorno desse amor

    Beijos
    Meu mundinho quase perfeito

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bom? :)
    Ainda não passei por isso, espero não passar haha eu gosto muito de escrever resenhas e falar sobre livros/filmes/musicas mas procuro fazer tudo no meu tempo e quando me dá vontade. Acho que fazer o que gostamos é o essencial sempre. Números não importam, né?
    Beijos, Yasmim.

    Blog: http://literarte.blog.br/

    ResponderExcluir
  5. Pior que é assim mesmo. Estou por aqui faz seis anos e já passei por várias crises. Não sou famosa e hoje em dia nem quero muito ser, estou bem e feliz com um post ou outro que gera engajamento e tal. Faço meu trabalho como se tivesse muita gente acompanhando, mesmo que atinja duas ou três pessoas !

    Beijos

    http://www.blogskullflower.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Tenho uma crise dessa por semana kkkk
    Essa parte que você falou, dos amigos que não leem, é o que realmente me frustra. As vezes eu penso, poxa se nem meus amigos/família leem, quem vai ler? :p
    Mas aí, continuamos produzindo, e ficando feliz com qualquer interação do leitor, porque é isso que amamos fazer, não é mesmo?

    ResponderExcluir
  7. Oi Raíssa!
    Li tudinho! E acho q na verdade passo por essa crise todo dia, sério, hahahah
    Por isso é importante msm saber qual é a sua motivação ;)
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Adorei o post! Ainda não passamos por essa crise, mas ela chega pra todo mundo haha acho que no fim a gente tem que pensar nos motivos que fizeram a gente começar. Um beijo!

    Fe
    www.feejao.com

    ResponderExcluir
  9. vc me definiu nesse post, já passei por isso e é horrivel eu tinha um blog e desistir dele, mas to fazendo de tudo para nao desistir do atual.

    ResponderExcluir
  10. Muito legal seu post! interessante o que você disse, realmente, é assim que acontece comigo. As vezes eu sinto que deveria desistir do meu, mas eu gosto muito de escrever nele apesar de ter pouquíssimas visualizações... Mas é algo que quero investir e tentar crescer.

    ResponderExcluir
  11. Eu já deixei de começar várias vezes, ou desistir logo no início por isso. Mas essa semana tô criando coragem e indo de coração real. Amei o texto.

    www.oadaquestao.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi Rai! Eu criei meu primeiro blog em 2008 e já faz um tempinho que ando pela blogosfera, de fato, as crises acontecem, ás vezes mais de uma vez rsrsrsrs mas enquanto for prazeroso vale a pena, né? <3

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  13. Oi Raíssa! Eu tenho o blog há pouco mais de um anos e já tive várias crises existenciais, mas mais por conta do cansaço mesmo e outros afazeres. Tem vezes que fica difícil administrar blog, trabalho, facul e vida pessoal. Só que eu sempre lembro do quanto amo escrever, amo ter um blog, mesmo que pequeninho. Recentemente tive alguns problemas com ele, baixei um layout no wordpress que desconfigurou tudo, achei ter perdido todos os dados e pensei em largar de mão. Mas tanta gente veio me dar apoio, incentivo e ajuda que decidi não abrir mão. Porque a verdade é que não saberia mais o que fazer do meu tempo livre sem o blog. Sem administrar ele. Sem ficar até de madrugada preparando posts e editando fotos kkk E foi quando essa "tragédia" aconteceu que meus amigos disseram 'talvez isso tenha acontecido para que fique melhor'. E talvez seja mesmo. Talvez seja a hora de melhorar no blog, no conteúdo e na mensagem que pretendo passar com ele.
    Beijão

    ResponderExcluir
  14. Uma coisa é certa: crises acontecem para descobrir o tamanho do nosso amor! Todo mundo passa por isso, o lance é conseguir sair dela ainda mais forte!

    Um beijo e até mais :)
    • www.youtube.com/deixeapenasfluir •

    ResponderExcluir
  15. Eu não sou dona de um blog, mas faço parte de um e o motivo de eu fazer resenhas é para que os leitores fiquem curiosos e queiram ler e se apaixonar pela história tanto quanto eu, mas mesmo gostando muito do que faço às vezes vem o desânimo e com ele, aquela crise. Mas é realmente algo normal mesmo haha, e que se gostamos do que fazemos podemos superar qualquer obstáculo. Ameei o post, bjss!

    ResponderExcluir
  16. Engraçado, eu nunca tive essa crise, sempre soube o que estava fazendo e amando. A crise era mais do tipo: será q vai dar certo? Sera q vao gostar? Ai batia aqueeele desanimo e vontade de parar, sorte q tenho muito prazer em escrever.
    Adorei o post amore
    Bjs no coração

    www.cariocadointerior.com.br

    ResponderExcluir
  17. Raíssa, já passei por muitas crises...
    Já tive vontade de abandonar tudo, mas acabei percebendo que faço isso porque gosto de escrever sobre o que leio e assisto, então não tem porque parar.
    Se não rolar parceria, a gente lê o que tem, afinal a estante tá cheia de livro que nunca foi lido. ^^

    ResponderExcluir
  18. Olá,

    Realmente acontece essas crises, eu já tive umas duas haha. Mas normalmente fico algum tempo sem postar e quando volto, já estou recuperada, afinal amo esse mundo da blogsfera literária.

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  19. Oii, tudo bem?
    Já tive outros blogs e vivenciei essa crise. Às vezes deixamos os números nos definir, sendo que quando os números são poucos nos achamos um lixo e quando estão muito altos acreditamos que não tem mais nada para melhorar. É complicado hahaha
    Felizmente hoje eu escrevo e me divirto criando posts, pesquisando conteúdo, conhecendo coisas novas. Adorei seu post!
    Beijoss!

    ResponderExcluir
  20. Seu texto caiu como uma luva pra mim, sempre penso sobre essas coisas e chego à conclusão de que amo blogar, mas continuar é sempre difícil, mesmo amando fazer certa coisa, fatores externos interferem. Daí tem que amar muito pra continuar e essa força que procuro.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  21. Olá, felizmente eu nunca tive essa crise e tenho certeza que nunca a terei. Acho que se você cria um blog por amor à literatura e para compartilhar sua opinião, não deve acontecer de ficar se perguntando "o que estou fazendo aqui?", essa pergunta nem passa pela cabeça e se passar é só lembrar do porquê criou o blog.

    ResponderExcluir
  22. Olá!
    Gostei bastante dessa postagem. Confesso que tenho tido um pouco de preguiça em fazer postagens que não sejam apenas de lançamentos, pre-vendas e resenhas. O ritmo alucinante de trabalho tem contribuído para isso. Mas sei que é uma fase, afinal amo o que faço!
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  23. Me identifiquei demais com essa postagem porque sim, já passei por essa crise. Uma, duas ou várias vezes. Aliás, não posso nem dizer que não esteja no meio de uma agora, hahaha. Mas continuo aqui, mesmo assim, porque gosto de produzir meu conteúdo e compartilhar ele nesse vasto mundo da internet.
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
  24. Oi, tudo bem?
    Eu não acho que todo blogueiro vá passar por isso, principalmente se o blog foi criado por amor seja ele de qualquer segmento.
    Bjs

    ResponderExcluir
  25. Oie,
    Tem toda razão!
    Já passei por isso. Já troquei a forma de conteúdo do blog, fiz experimentos, troquei o nome, já fiz muitas coisas, inclusive deixa-lo em hiatos por um tempo.
    Até ganhar um novo gás e seguir como gostaria.
    Beijos

    ResponderExcluir
  26. bem, eu nunca planejei ganhar dinheiro com meu blog mesmo, escrevo pra compartilhar minhas leituras com quem visita ele e suas redes...
    mas já fiquei um tempo meio sem saber o que escrever por lá... a criatividade me foge em alguns momentos...

    bjs...

    ResponderExcluir
  27. Não tive essa crise sobre o que estou fazendo, mesmo porque nunca pensei em fama e dinheiro, meu blog me faz bem do jeito que é e não pensei em mudar pra ganhar algo com isso... Mas já pensei em: será que vale a pena investir tanto tempo da minha vida nisso? E a resposta é que, enquanto me fizer bem, enquanto me ajudar a passar por outras coisas, sim.

    ResponderExcluir
  28. Olá, tudo bem? Quem nunca passou por isso não é mesmo? Confesso que quando criei meu blog, literário, nunca me passou pela cabeça tentar ganhar dinheiro, ou como é bem comumente no meio, conseguir parcerias. Números vem com o tempo, mas eu queria dividir com o mundo a minha opinião. Sempre quando desanimo ou vejo que as coisas não vão para frente, lembro disso e me motivo. Porque seguidores, comentários, parcerias são consequências, não o principal. Temos que refletir mesmo pois cada vez mais esse espaço é dominado e aumentado, e se quisermos coexistir, devemos saber para o que viemos. Ótimo post!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  29. Hahauhauhauah Eu sou a própria crise. Uma me fez criar o blog, outras me desanimaram por períodos, outras me fizeram recomeçar e assim vou seguindo. No final, blogo porque preciso. Acho que não sei mais viver sem isso.
    Bjs
    Luana (a do umasegundaopiniao.com)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Obrigada por me visitar!
Beijos.

contatoooldr@outlook.com