Vinte anos atrasado...

Vinte anos atrasado

Olá leitores e leitoras do O Outro Lado da Raposa, trago-lhes a luz!

Mas fiquem tranquilos, não é nenhum assunto relacionado à religião, tampouco irei fazer propaganda de luminárias ou algo do gênero. Hoje venho até aqui para falar de algo que muitos de vocês podem se identificar, que é a possibilidade de nos surpreendermos positivamente com algo.

Esse ano a saga de Harry Potter, a história do menino bruxo que entra em uma escola de magia para desenvolver suas habilidades especiais, completa 20 anos. Ao contrário da maioria de vocês, acredito eu, até esse ano, duas décadas depois de seu lançamento, eu jamais tinha lido nem mesmo um dos livros da série, muito menos assistido a qualquer um dos filmes que fizeram parte da vida de tanta gente.

Sempre ouvia falar e tal, mas nunca me despertou muito entusiasmo, nem mesmo na minha infância, por diversos fatores. O principal deles é que realmente a história nunca me encheu muito os olhos, não era o gênero que me atraía, não fazia muito parte do tipo de leitura a que eu estava ambientado desde que comecei a ler de forma mais efetiva e achava que não iria mesmo gostar daquilo. Por sorte eu estava errado, e vocês logo descobrirão.



Acontece que esse ano, por total influência da Raíssa, que me propôs (pra não dizer impôs...rs) comecei meu trajeto no mundo da magia. Ela me emprestou os livros, eu comecei a lê-los e assistir aos filmes. Foi como se um grande piano caísse sobre minha cabeça.

Foi uma mistura de sensações, hora eu estava de verdade impressionado com a riqueza da escrita da autora, hora eu estava decepcionado comigo mesmo por não ter sequer tido a curiosidade de buscar conhecer antes de formar uma opinião de que não gostava. Emendava um livro no outro, ficava com raiva, falava sozinho sobre o que ia acontecer, ficava comentando com a Raíssa sobre os acontecimentos, algo que acho que quem já leu fez exatamente o mesmo.

E é exatamente esse ponto que gostaria de dividir com vocês, em como nós tiramos conclusões sobre algo antes mesmo de conhecer. Evidente que nem sempre a surpresa vai ser tão positiva como no meu caso, muitas vezes nós achamos algo muito ruim sem conhecer e depois de conhecer achamos aquilo ainda pior, como as ligações de telemarketing, por exemplo.

A história de Harry Potter ensina muito mais do que eu imaginava, por não ser algo raso, pelo contrário, a profundidade da mensagem é incrível, fala sobre preconceito, coragem, bravura, amizade, valores pelos quais tento seguir no meu dia a dia.



Ainda não terminei, falta bem pouquinho, porém já me sinto muito satisfeito de pelo menos agora, depois de adulto, poder fazer parte desse mundo. Além, é claro, de finalmente entender as referências que a Raíssa usava comigo e eu não fazer nenhuma ideia de que diabos ela estava falando, e mais, eu mesmo me pego fazendo referências sobre Hogwarts, Patronos, Casas, trouxas e todo o mais.

O ápice foi quando eu me dei conta de que estava falando Lumus toda vez que acendo uma luz.
Prometo que assim que terminar volto aqui para dar minhas impressões finais, embora algumas já estejam bem definidas em minha mente.

O mais importante é dividir com vocês que às vezes nós tiramos conclusões bem precipitadas sobre algo, ou é aquela pessoa que parece chata e não é, aquela comida que parece ruim e depois descobrimos que pode ser muito gostosa ou aquela história que achamos ruim e é boa. Menos o telemarketing, esse é ruim quer conhecemos ou não. Infelizmente não da pra ganhar sempre.



Por Handerson Faria

O Outro Lado da Raposa

16 comentários:

  1. OOOOOOI

    Dona Raíssa tá de parabéns por ter trazido mais uma pessoa para luz potterísticaaaaa, YEY!
    uma pena você não ter crescido com HP, moço, mas é válido e bem vindo ainda assim. Viu como as coisas podem nos surpreender?

    beijo
    www.beinghellz.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Hellz! hahaha Simm! essa conquista é mérito da Raíssa. Olha, realmente agora vejo que foi mesmo uma pena, mas antes tarde do que nunca não é mesmo!? haha Com certeza, Harry Potter provou que as coisas podem sim ser uma surpresa super positiva,
      Beijos!

      Excluir
  2. Uhuuuuuuuuuuuuuu
    Mais um no nosso mundo!
    HP é uma paixão antiga, não canso de assistir aos filmes, vira e mexe releio os livros!

    Parabéns por se permitir conhecer
    Parabéns Raíssa por mostrar ao Handerson esse mundo maravilhoso da magia!

    Bjoooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Yeah!! haha Com certeza Fernanda, me atirar de cabeça no mundo mágico foi uma grande conquista mesmo para mim. E sim, devemos agradecer a Raíssa, isso é coisa dela hahah
      Ahh acho que daqui a pouco estarei assim como você haha Que bom que você não deixa nunca essa paixão diminuir...rs
      Beijoos!

      Excluir
  3. nao da nem pra acreditar que HP ja fez 20 anos, eu lembro de ter livro tds os livros e vi tds os filmes no cinema conforme os lançamentos, com certeza um amor eterno por HP

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Passa rapidão mesmo Lívia! É bacana como a história deixa esse sentimento em todo mundo que a acompanhou.
      Beijos!

      Excluir
  4. Oi, Handerson! Oi, Raíssa!
    Mais um convertido para esse mundo maravilhoso de Harry Potter!
    Raíssa, eu já li Confess sim. Li na época que foi lançado lá fora e tem até resenha dele no blog.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oláa Luiza! Yeah! Agora já posso me considerar parte desse mundo mágico, antes tarde do que nunca.
      Beijos

      Excluir
  5. Bem vindo ao clube dos Potterheads! Haha
    Eu sempre vi os filmes mas li os livros bem depois, lá perto do lançamento do último filme.
    Eu sou um pouco assim de julgar o livro antes de ler, ainda mais as modinhas, rsrs. Já quebrei a cara, mas tbm já fui muuuito surpreendida, faz parte da vida do leitor.
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oláa Carol! Obrigadoo! ahaha normal né, eu posso dizer que fui assim também com Harry Potter, sempre achei que não iria gostar, até começar e quebrar a cara haha Bom...mas foi um erro reparado em tempo...haha
      Beijos!!

      Excluir
  6. A Raíssa impondo alguma coisa, nunca! Tenho certeza que foi de livre espontânea pressão haha (brincadeira, Rai). Que bom que está curtindo e descobriu que HP é muito mais do que história de um bruxinho. A saga tem ensinamentos maravilhosos e não é atoa que influenciou uma geração inteira - mesmo que alguns demorem um pouco para descobrir as maravilhas desse universo.
    beijos
    Psicose da Nina | Instagram
    Colunista no Estante Diagonal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha Oláa Dani, não é!? Raíssa jamais faria algo assim hahah mas ela de fato foi bem convincente haha
      Bom...já terminei e de fato a história tem muitos ensinamentos que podem ser usados por qualquer um a qualquer momento da vida e isso é muito bacana. Não é por acaso todo o sucesso.
      Beijos!

      Excluir
  7. Olá Handerson, concordo com o Telemarketing rs...
    Eu amo a saga do Harry Potter e olha que não são todas as fantasias que me apetecem o coração para ler... mas este eu me identifiquei na minha curiosidade... minha melhor amiga hoje há quase 10 anos... me apresentou a saga e não deu outra li que nem uma louca e admirada por ter gostando tanto e principalmente da mensagem que vem por trás... que bom que está curtindo, mais um para o clube!!! Xero!

    https://minhasescriturasdih.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Diana! haha não é, com telemarketing vai ser difícil mudar de opinião, embora respeite as pessoas que trabalham com isso e não tem nada a ver com a chatice haha Mas sobre Harry, me surpreendeu mesmo, também achava que não era meu tipo de leitura. Mas no fim as coisas acabam encontrando uma forma de se encaixarem não é!? haha
      Beijooos!

      Excluir
  8. Como você viveu tanto tempo sem Harry Potter na sua vida?
    Não dá, não!
    Que bom que agora você encontrou lumus!
    Hahahahaha
    E fico tão feliz que você gostou, mesmo adulto.
    Muitas pessoas mais velhas não gostam porque tem uma pegada mais infantil, mas esse não foi seu caso. Aeeeeee!
    É uma história rica, um universo incrível e que nos ensina muito mesmo.
    Bem vindo, novo potterhead!

    Beijooos

    www.casosacasoselivros.com
    www.livrosdateca.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oláa Teca!! Obrigadoo! Pois é, agora que terminei de ler os livros também penso que perdi um bom tempo. Mas isso que você disse faz todo o sentido, depois de adulto pode ser um pouco mais difícil se identificar, no meu caso o que ajudou foi que eu já entrei com a mente aberta, sem colocar nenhum tipo de barreira do tipo "ah mas é sobre magia" "isso pode ser um pouco infantil" haha e funcionou muito bem.
      Beijoss!

      Excluir

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Obrigada por me visitar!
Beijos.

contatoooldr@outlook.com

Instagram