Quem eu costumava ser



Às vezes sinto falta de quem eu costumava ser...

Sinto falta da minha convicção, da minha sede de justiça, da minha alma brilhante e da minha força.
Recordo com um nó na garganta da vitalidade que eu sentia, das emoções à flor da pele e da determinação que corria em mim em um fluxo constante.

Não tinha medo, nem tantos receios.
Mas ainda dá tempo de me resgatar, de estender a mão para aquela pessoa e deixa-lá tomar o lugar de quem vive em mim agora.

Deixar o aperto no peito e na garganta de lado, de deixar os muros que construí com tanto cuidado caírem e abrir espaço para meus antigos sentimentos.

Não importa se antes me deixar tão exposta fez eu me machucar. Faz parte da vida se decepcionar.
Faço um exercício diário de me abrir, mesmo que talvez isso signifique perder um pedaço do coração. Afinal, ele está ali para ser testado e se no processo for quebrado eu ainda posso juntar os pedaços.

O importante é sentir algo, mesmo que seja doloroso.

Cansei de sentir autopiedade, isso não ajuda em nada. Tenho que lembrar à min mesma que não preciso seguir regras ou um roteiro. Posso viver do jeito que achar melhor e ainda assim a minha vida ser importante.

O Outro Lado da Raposa

2 comentários:

  1. OI RAÍSSA

    eu não sei se o texto é real,mas eu me identifiquei pra caramba. Sinto tanta saudade do meu eu de 10 anos atrás, principalmente pela cabeça avoada e sonhadora. Enxergar a realidade pode ser bem cruel e mudar o ser humano. Eu mudei. Hoje sou a miga carrancuda que diz que você vai estrepar e tome cuidado. Antes eu mandava você pular porque o vôo é maravilhoso!
    mas mudar é estar vivo, né?

    beeeeijo
    beinghellz.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Raíssa! Que texto lindo! Eu era menos medrosa, muito menos, mas vc tem razão se abrir é um exercício, difícil, mas preciso! Amei a reflexão

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Obrigada por me visitar!
Beijos.

contatoooldr@outlook.com

Instagram