Garoto Encontra Garoto - David Levithan

Olá leitores!

Recebi esse livro através de uma troca que fiz pelo Facebook. Acho que se não fosse assim, talvez eu nunca tivesse lido essa estória. Eu conhecia o livro de nome e capa, mas ele não despertava taanto interesse em mim. Mas fico feliz por ter realizado essa troca.

Nesta mais que uma comédia romântica, Paul estuda em uma escola nada convencional. Líderes de torcida andam de moto, a rainha do baile é uma quarterback drag-queen, e a aliança entre gays e héteros ajudou os garotos héteros a aprenderem a dançar. Paul conhece Noah, o cara dos seus sonhos, mas estraga tudo de forma espetacular. E agora precisa vencer alguns desafios antes de reconquistá-lo: ajudar seu melhor amigo a lidar com os pais ultrarreligiosos que desaprovam sua orientação sexual, lidar com o fato de a sua melhor amiga estar namorando o maior babaca da escola... E, enfim, acreditar no amor o bastante para recuperar Noah!

Autor: David Levithan
Editora: Galera
Páginas: 240
Ano: 2014



O livro é uma comédia romântica como qualquer outra, exceto pelo fato de o protagonista ser gay. Isso, na verdade não diferencia o livro de nenhuma maneira de qualquer outro romance que você já leu. Apesar de haver inevitavelmente algumas partes em que se discute o preconceito da sociedade.

A estória me fez parar para pensar em como sempre leio romances héteros e isso nunca me deu uma perspectiva diferente. E foi muito legal ter essa perspectiva, pois foi uma experiência de empatia. Me coloquei no lugar do personagem, até porque o livro é narrado em primeira pessoa por Paul, e eu me senti conectada à ele.

Paul é um personagem único. Ele tem certeza do que quer e de quem quer, coisa que é bem rara na adolescência, que normalmente é marcada pelas dúvidas e confusões. Ele é um cara que não tem um histórico amoroso muito bom, mas ainda assim está de coração aberto para novas possibilidades e isso me encantou, porque normalmente quando as pessoas sofrem desilusões amorosas ela ficam na defensiva, sempre tentando se proteger.

Noah também acaba de sofrer uma desilusão amorosa, mas não consegue evitar se interessar por Paul. Na verdade, ele é um personagem cheio de camadas, denso. Ele é artista, o que me deixou ainda mais encantada. Ele é como um príncipe no cavalo branco, só que com tinta nas calças. kk

Além dos dois, Levithan criou os melhores coadjuvantes. A escola de Paul está cheia de pessoas interessantes, com suas peculiaridades, cada um conquistando seu espaço no coração do leitor. Acompanhamos suas estórias através dos olhos de Paul, mas ainda assim torcemos por eles com a mesma intensidade.

A edição da Galera, como sempre está linda, tanto por dentro como por fora. Gosto dos livros em tamanho menores deles e de como eles fazem a capa com harmonia. Amei os trechos da estória que estão impressos na capa e o quote atrás.

Outro ponto que não posso deixar de mencionar é o conto que Levithan nos presenteia no final. É escrito em terceira pessoa, tem poucas páginas, mas é sobre um dos personagens coadjuvantes e é lindo demais!

Enfim, achei essa estória muito emocionante e nos ajuda a praticar a empatia de forma efetiva. Acho que antes de julgar as pessoas e cuspir preconceito aos quatro ventos, devemos nos colocar no lugar delas e buscar entendê-las.

Comentários

  1. Oi, Raissa!
    Acho que sou uma das poucas pessoas que não curte o Levithan. Eu li o livro que ele escreveu com o John Green - Will & Will - e não curti muito a leitura.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena Lu. Eu não li esse, mas acho que as estórias são bem diferentes. :)

      Excluir
  2. Olá!

    Desde que li Um Dia, passo longe da escrita desse autor. O que li, achei lento demais. Apesar desse ter uma temática bem diferente, com uma forte mensagem, mas por causa da escrita, eu dificilmente o leria. Adorei as fotos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Considerando que quem escreveu Um Dia foi o David Nicholls, então acho que você pode ler esse livro sem problemas, já que Garoto Encontra Garoto é do Levithan kk

      Excluir
  3. Olá!!

    Eu tô com esse livro e ainda não tive como ler, na verdade acabei passando vários na frente hehe. Que bom que foi uma leitura válida. Esse autor gosta de escrever sobre minorias, o que me encanta. Saber que é bem descrito e com vários personagens bem trabalhados também.
    Não sei quando vou ler, mas espero que em breve :)

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. oi, oi.

    eu não li nenhum livro do David, mas sei que ele tá bem famosinho no mundo das gay. hahaha. tua resenha só me despertou a curiosidade pra essa obra... tem um livro dele que tá na minha listinha que é ótimo: "todo dia". acho que tu vai adorar. :)

    bjs!
    Não me venha com desculpas

    ResponderExcluir
  5. RAÍSSAAAAAA

    a temática gay logo me ganha né, não vou mentir. E saber que tem drag queens me ganha duas vezes mais, porque sou fiel seguidora da Mama Ru (conhece o RuPaul?).
    Já li dois livros do autor e ambos muito me cativaram por essa habilidade de criar personagens interessantes e diferentes, além das personalidades estranhas soarem autênticas, nada caricato.

    Garoto encontra garoto eu ainda não li, mas tá na minha listinha há um tempo!

    beijo
    beinghellz.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Ooi!
    O levithan adora essa temática adolescente, vida louca e homossexual o que ao meu ver me chama bastante atenção li will e will e gostei bastante, porém não tive a portunidade de ler esse mas como certeza lerei em breve.

    Lendocomela.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oi,Raíssa, tudo bem?

    Eu nunca li um livro com temática LGBT e outro dia mesmo estava comentando isso com o meu melhor amigo - que é gay! - e com o namorado dele. Eu simpatizo muito com a causa e gostaria de ler um livro assim. Você soube do livro Simon vs The Homoapiens Agenda? As pessoas estão falando MUITO bem dele!

    Sobre a resenha, é tão bom quando a gente se conecta aos personagens, né? Eu também adoro as edições da Galera, por mim todos os livros seriam do tamanho das edições deles! Eu, inclusive, estou lendo um livro deles chamado O Que Restou de Mim.


    Beijo
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Raposinha,

    Eu li "Todo dia", do mesmo autor. Foi muito interessante ler um livro que trata a perspectiva de gênero de maneira tão delicada e única. Fiquei interessada em ler outros livros do autor. Eu só conhecia esse por nome e capa, gostei muito de como você aprensentou o livro e fiquei bastante interessada em conhecer maisndessa hsitoria.

    Outra coisa, que maximo isso de você ter chegado ate ele atraves de uma troca. :)

    ResponderExcluir
  9. Oláá!
    Eu conheci o David Levithan pelo livro WILL&WILL e AMEI o jeito dele de escrever e do personagem dele, até que esses dias baixei dois livros dele e um deles é o " garoto encontra garoto" achei muito interessante, ainda mais pelo fato de sair um pouco do mundo romance hétero.
    Beiju!

    http://devaneiosbm.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá, Raí! Como vai?

    Fiquei muito feliz quando entrei aqui no seu blog e vi o título da postagem. Esse é um livro que eu ainda pretendo ler. Li algo de David Levithan e adorei o estilo dele.
    Eu também fico muito feliz por você ter ficado feliz, haha. Imagina a felicidade quando vi o coração (nem amamos corações) na classificação do livro.
    Os personagens parecem ser maravilhosos! Tudo o que você falou só me deixou mais curiosa ainda para fazer essa leitura. Preciso ler imediatamente!
    Amei sua resenha, como sempre.
    Beijocas
    Historiar

    ResponderExcluir
  11. Oi Rá, como vai?

    Quero taaanto ler esse livro!
    A capa é maravilhosa, aliás a Galera, na minha humilde opinião, é uma das melhores editoras, a gente percebe o cuidado que eles têm nas edições de seus livros.

    Eu li "Will & Will", foi meu primeiro livro de romance gay e fiquei encantada! Acho que deveríamos ter mais autores que abordassem esse tema, quem sabe a sociedade vai aprendendo a ser menos preconceituosa?

    Ainda estamos longe disso acontecer, mas quem diria que teríamos livros sobre esse tema?
    Já foi um grande passo dado...

    Agora quero saber como vai terminar essa história do Paul! =)

    Beeijinhos, Bá.
    http://cafecomlivrosblog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi
    eu só li o livro desse autor até hoj,e mas sempre vejo elogios desse e a leitura parece ser bem envolvente com personagens interessantes. Que bom que gostou de ler ele.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Raíssa, ainda não li esse, mas quero muito.
    Todo mundo fala super bem.
    Do autor eu já li Todo Dia e quero ler o livro dois.
    Eu já li vários livros com personagens homossexuais, mas acho que protagonista só Eu Te Darei o sol, mas o foco não é o romance do personagem, mas a relação dele com a irmã, que também é protagonista.
    Estou com Will e Will dele e do John Green para ler também.
    :)

    Carooooooool
    Eu tinha escrito um comentário grandão, mas não foi.
    OK, VAMOS LÁ DE NOVO.
    Como você já tinha me dito por conversa que esse livro era bom, quero ler Guerra Civil, porque eu confio no seu gosto literário, ainda mais porque eu nunca li nada das HQs.
    Eu gosto muito dos dois, nem sei para quem torcer nos filmes. Só que você disse que nas HQs o Tony Stark era idiota, então eu torceria para o Capitão. É que os dois são tão lindos, sabe, que é difícil escolher um só, hahaha.
    Eu adoro filmes e histórias de super-herois, então VAMOS LÁ!
    Assim que eu ler, te falo o que achei para a gente comparar opiniões.
    :D

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  14. Raíssa, hahaha.
    Desculpa!
    O comentário anterior grudou um outro de outra visita que fiz antes de vir no seu.
    É que lá o comentário não tinha ido e eu comentei de novo, mas copiei e colei para não dar erro de novo. Aí quando apertei o "cola" aqui achando que ia só o link do meu blog, foi tudo.
    Perdão! :*

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Obrigada por me visitar!
Beijos.

contatoooldr@outlook.com