Top 10: Livros de Romance

março 02, 2016


O romance é um dos gêneros literários mais conhecido e vendidos no mundo. Antigamente o que se destacava nos livros românticos eram os homens cavalheiros e as mulheres perfeitas. Hoje em dia esse conceitos têm mudado, mas o amor avassalador e sem medidas continua sendo o mesmo.

Não sei se deu para perceber pelas minhas resenhas, mas o gênero que mais me fascina é o romance. Seja ele YA, NA, Hot ou qualquer outra subcategoria. Silmpesmente sou uma romântica incurável, que demora páginas e páginas de amor perdidos e recurados, intrigas amorosas e muito amor! *-*

Então eu separei os 10 livros que eu mais amei cujo gênero principal é romance! Preparem os corações! haha



Crimes perfeitos, como o roubo de um quadro de Goya do Museu do prado, são um desafio pára Tracy Whitney. Mas ela não é uma ladra qualquer: para vingar-se dos homens que a colocaram injustamente na prisão, Tracy torna-se uma especialista em aplicar golpes em empresários inescrupulosos. De Nova Orleans a Londres, passando por Paris, Biarritz, Madri e Amsterdam, ela desafia a Interpol com uma série de ações ousadas, tendo como rival apenas Jeff Stevens, um irresistível trambiqueiro.


Ok, o gênero principal pode até não ser romance. Mas o romance desse livro é tão bem desenvolvido que seria quase uma injustiça eu não citá-lo nessa lista.
Sidney Sheldon é um dos melhores escritores que já tive o prazer de conhecer. Os livros dele são sempre conhecidos por suas protagonistas fortes e marcantes.
Então eu não poderia deixar de recomendá-lo aqui, já que eu amei tanto o casal principal!
Só de falar dele já me dá vontade de reler! haha



Quando Tate Collins se muda para o apartamento de seu irmão, Corbin, a fim de se dedicar ao mestrado em enfermagem, não imaginava conhecer o lado feio do amor. Um relacionamento onde companheirismo e cumplicidade não são prioridades. E o sexo parece ser o único objetivo. Mas Miles Archer, piloto de avião, vizinho e melhor amigo de Corbin, sabe ser persuasivo... apesar da armadura emocional que usa para esconder um passado de dor.O que Miles e Tate sentem não é amor à primeira vista, mas uma atração incontrolável. Em pouco tempo não conseguem mais resistir e se entregam ao desejo. O rapaz impõe duas regras: sem perguntas sobre o passado e sem esperanças para o futuro. Será um relacionamento casual. Eles têm a sintonia perfeita. Tate prometeu não se apaixonar. Mas vai descobrir que nenhuma regra é capaz de controlar o amor e o desejo.

Esse foi o primeiro livro que li da Colleen e já foi suficiente para eu seguir para os próximos.
Se você gosta de livros com uma pesada carga emocional, então essa estória é pra você!
Colleen vai além do romance e nos envolve completamente em uma estória que a princípio não parecia tão interessante.



"Não sou nada especial; disso estou certo. Sou um homem comum, com pensamentos comuns, e vivi uma vida comum. Não há monumentos dedicados a mim e o meu nome em breve será esquecido, mas amei outra pessoa com toda a minha alma e coração e, para mim, isso sempre bastou." 
Noah Calhoun

Assim tem início uma das mais emocionantes e intensas histórias de amor que você lerá na vida...
O livro é o retrato de uma relação rara e bela, que resistiu ao teste do tempo e das circunstâncias. Com um encanto que raramente é encontrado na literatura atual, O Diário de uma Paixão de Nicholas Sparks, o consagra como um contador de histórias clássicas, com uma perspectiva excepcional sobre a mais importante e única emoção que nos mantém.
Com mais de 12 milhões de cópias vendidas, o livro que emocionou as pessoas ao redor do mundo, foi traduzido para mais de 20 línguas.

E é claaaro que não poderia faltar Nicholas Sparks nessa lista né?
Diário de Uma Paixão foi um dos primeiros livros que eu conheci do autor. Na época minha mãe comprava bastante os livros dele na esperança de eu aumentar cada vez mais meu gosto pela leitura. E devo dizer, funcionou!



Anna Oliphant tem grandes planos para seu último ano em Atlanta: sair com sua melhor amiga, Bridgette, e flertar com seus colegas no Midtown Royal 14 multiplex. Então ela não fica muito feliz quando o pai a envia para um internato em Paris. No entanto, as coisas começam a melhorar quando ela conhece Étienne St. Clair, um lindo garoto -que tem namorada.Ele e Anna a se tornam amigos mais próximos e as coisas ficam infinitamente mais complicadas. Anna vai conseguir um beijo francês? Ou algumas coisas não estão destinadas a acontecer? 

Gente que livro mais apaixonante. Essa estória é mais leve do que as que eu já comentei, mas é igualmente viciante!
Amei a escrita da Perkins e me apaixonei pelos personagens dessa trilogia! *-*
Anna e o Beijo Francês é um romance YA muito doce e emocionante, que conquista qualquer romântico incorrigível como eu!



Depois de perder a irmã gêmea para a leucemia, Ashlyn Jennings vê sua vida mudar completamente. Além de ter de aprender a conviver sem parte de si mesma, ela precisa se adaptar a uma nova rotina. Enviada pela mãe para a casa do pai, com quem mal conviveu até então, ela viaja de trem para Edgewood, Wisconsin, carregando poucos pertences, muitas lembranças e uma caixa misteriosa deixada pela irmã.

Na estação de trem Ashlyn conhece o músico Daniel, um rapaz lindo e gentil, e a atração é imediata. Os dois compartilham não só o amor pela música e por William Shakespeare mas também a dor provocada por perdas irreparáveis. Ao sentir-se esperançosa quanto a sua nova vida, Ashlyn começa o ano letivo na escola onde o pai é diretor. E não consegue acreditar quando descobre, no primeiro dia de aula, que Daniel, o belo músico de olhos azuis com quem já está completamente envolvida, é o Sr. Daniels, seu professor de inglês. 

Desorientados, eles precisam manter seu amor em segredo, e são forçados a se ver como dois desconhecidos na escola. E, como se isso já não fosse difícil o bastante, eles ainda precisam tentar de todas as formas superar os antigos problemas e sobreviver a novos e inesperados conflitos.

Acho que já deu para perceber que eu tenho uma queda por livros intensos e emocionantes né?
De início eu achava que Sr Daniels fosse um livro normal de amor adolescente. Mas conforme a estória foi passando, me deparei com dramas muito palpáveis e me emocionei demais!
Tive o grande prazer de conhecer a autora pessoalmente quando teve o Mochilão da Galera aqui em SP e ela é uma simpatia de pessoa!



Fernanda tinha certeza que morreria de dor depois que seu namorado secreto se mudou para o interior. Restaram pequenas lembranças e dispersas impressões. Ao tentar decifrar um enigma matemático - "Tenho o dobro da idade que tu tinhas quando eu tinha a idade que tu tens. Quando tu tiveres a minha idade, ambos teremos noventa anos. Que idade eu tinha quando tu nasceste?" -, Fernanda estava, sem saber, mudando o rumo de sua vida. O que são as diferenças numéricas diante da intensidade dos sentimentos?

Li essa estória faz um bom tempo, quando eu tinha uns quinze anos, mais ou menos. Já até esqueci de alguns detalhes. Mas lembro que amei o livro pela sua simplicidade e inocência.
É um nacional muito delicado, escrito para um público um pouco mais jovens, mas que acaba conquistando à todos!




Aos dezessete anos, Verônica Miller, ou simplesmente Ronnie, vê sua vida virada de cabeça para baixo, quando seus pais se divorciaram e seu pai decide ir morar na praia de Wrightsville, na Carolina do Norte. Três anos depois, ela continua magoada e distante dos pais, particularmente do pai. Entretanto, sua mãe decide que seria melhor para os filhos passarem as férias de verão com ele na Carolina do Norte.

O pai de Ronnie, ex-pianista, vive uma vida tranquila na cidade costeira, absorto na criação de uma obra de arte que será a peça central da igreja local. Ressentida e revoltada, Ronnie rejeita toda e qualquer tentativa de aproximação dele e ameaça voltar para Nova York antes do verão acabar. É quando Ronnie conhece Will, o garoto mais popular da cidade, e conforme vai baixando a guarda começa a apaixonar-se profundamente por ele, abrindo-se para uma nova experiência que lhe proporcionará uma imensa felicidade – e dor – jamais sentida.

Outro do Sparks para ilustrar meu top 10. Escolhi esse também por ter chorado litros com a estória.
A escrita do autor te envolve tanto que quando você se dá conta já está nas últimas páginas do livro e chorando feito bebê. haha
Os personagens dele são bem marcantes e sempre carregam uma forte carga emocional.



Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Sua vidinha ainda inclui o trabalho como garçonete num café de sua pequena cidade - um emprego que não paga muito, mas ajuda com as despesas - e o namoro com Patrick, um triatleta que não parece muito interessado nela. Não que ela se importe.

Quando o café fecha as portas, Lou é obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor tem 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de ter sido atropelado por uma moto, o antes ativo e esportivo Will agora desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto. Sua vida parece sem sentido e dolorosa demais para ser levada adiante. Obstinado, ele planeja com cuidado uma forma de acabar com esse sofrimento. Só não esperava que Lou aparecesse e se empenhasse tanto para convencê-lo do contrário.

Uma comovente história sobre amor e família, Como eu era antes de você mostra, acima de tudo, a coragem e o esforço necessários para retomar a vida quando tudo parece acabado.

O livro que está se tornando o favorito de muita gente e que logo irá se tornar filme também está na minha lista.
Esse foi o primeiro e, por enquanto, único livro que eu li da Jojo. Mas ficou marcado no meu coração.
Que estória!
Ele é um misto de drama, romance, comédia e esse turbilhão de emoções pega o leitor de jeito!
Algumas pessoas não curtiram o final dele. Mas acho que temos que lidar com esse tipo de coisa na vida real, então porque não retratar finais assim nos livros, né?
Acho que, além de um romance, esse livro passa lições para nossas próprias vidas.



Depois de não conseguir evitar que um homem acabasse com a própria vida, Christine passa a refletir sobre o quanto é importante ser feliz. Por isso, ela desiste de seu casamento sem amor e aplica as técnicas aprendidas em livros de autoajuda para viver melhor.

Adam não está em um momento muito bom, e a única saída que ele encontra para a solução de seus problemas é acabar com sua vida. Mas, para a sorte de Adam, Christine aparece para transformar sua existência, ou pelo menos tentar ajudá-lo. 

Ela tem duas semanas para fazer com que Adam reveja seus conceitos de felicidade. Será que ele vai voltar a se apaixonar pela própria vida?

Eu já gostava da escrita da Cecelia antes desse livro, mas depois que o li, virei fã!
Esse já um livro mais novo no mercado e ele vem conquistando cada vez mais fãs por causa da estória linda que a autora criou.
Adorei os personagens, adorei a sequência de acontecimentos e adorei o final!
Acho que tudo nesse livro se encaixou direitinho. Além de ele abordar assuntos importantes para a vida.



Francesca Wiggs sofreu uma grande decepção amorosa e, desde então, está decidida a não se relacionar mais. Além de se dedicar a escrever o seu livro, ela resolve preencher os dias com um trabalho voluntário – a leitura para pacientes em coma proporcionaria para ela a distância para problemas com o coração. No entanto, um grande imprevisto ocorre quando ela passa a se sentir atraída pelo paciente. Mitchell, descrito como um poderoso magnata, seria a antítese de tudo o que ela busca em um homem... se não estivesse em coma. Precisar de alguém inconsciente seria um absurdo, não seria? Amar uma pessoa que nunca responde parece loucura! Francesca já havia entendido e sentia-se quase segura diante disso. Mas, e se Mitchell acordasse? A aproximação desses personagens tão diferentes revela um romance encantador e divertido, repleto de reviravoltas. Entre a vida e a morte, a ilusão e a realidade, o amor pode ser realmente o milagre que faz tudo mudar?

Mais um nacional na lista. Conheci a Babi através de uma amiga e amei a estória que ela criou. Esse foi o primeiro livro publicado dela e eu me surpreendi em como a escrita da autora é madura para um primeiro livro.
É uma estória marcante, com muitas reviravoltas e dramas. É bem meu tipo de livro mesmo! haha
Acho que vale a pena conhecê-lo pelo fato de o amor ser abordado aqui em sua forma mais pura e intensa.


Então esses são meus romances favoritos. Algum em comum com vocês? Quais outros me sugerem?

You Might Also Like

14 comentários

  1. Adoro Diário de paixão e A última música! <3
    Amei sua lista de livros, eu adoro romances.
    Beijos
    Infinita Feminice

    ResponderExcluir
  2. Adorei as dicas, apesar de já ter lido quase todos.
    Blog super atualizado com as novidades da cerimônia do casamento e da viagem da lua de mel! Passa lá quando puder.
    Bj e fk c Deus.
    Nana
    http://procurandoamigosvirtuais.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olá!

    Sparks, Jojo e Babi moram no meu <3 eu também amo romances, mas por motivos diferentes dos seus. Querendo ou não, o romance sempre fez parte da nossa vida. Vida longa aos romancistas!

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Dos citados, os que mais gosto é Como eu era antes de você (favorito da vida) e O lado feio do amor <3

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem resenha nova no blog de "Ligeiramente Maliciosos", vem conferir!

    ResponderExcluir
  5. Raíssa, quanto livro lindão!
    Se Houver Amanhã eu li faz mil anos, mas nunca esqueci, de tanto que gostei!
    Nicholas Sparks, a Jojo, a Coleen e a Cecelia não podiam estar fora dessa lista.
    O Lado Feio do Amor é um dos meus próximos, assim como Entre o Amor e o Silêncio.
    Eu amoooooooo todo tipo de romance também, principalmente YA e de época.

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  6. Oi
    adoro romance também, desses já li Se houver amanhã, Diário de uma paixão e a ultima música. Agora tenho muita vontade de ler como eu era antes de você e o lado feio do amor parece ser histórias lindas.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. SIDNEY SHELDON É MUITO FOOOOOOOOOODA, BRASIL. Eu AMO Se Houve Amanhã (e cê soube que foi/será lançada a continuação com a tracy? SIM SIM, já quero!).

    A ùltima música foi o primeiro livro que eu li do nicholas e que me fez dar uma chance a ele (antes achava tudo muito meloso e não curtia, mas aprendi a apreciar depois desse livro. Apesar do açúcar escorrer, é uma leitura muito fluida).

    O lado feio do amor tá na lista dos que eu quero ler em breve, porque essa capa é um arraso!

    beeeeeijo
    beinghellz.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oi, Raíssa!
    Eu nunca pensaria em Se Houver Amanhã como romance hahahha
    O Lado Feio do Amor e Anna e o Beijo Francês <3 <3 <3 Amo demais esses dois livros.
    Ainda vou ler Como Eu Era Antes de Você.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do sorteio do livro Marianas | Participe do sorteio Mês das Mulheres em Dobro
    Porcelana - Financiamento Coletivo

    ResponderExcluir
  9. Oi Rá...

    Eu já fui assim, teve uma época em que eu só lia romances! Eram os únicos livros que me interessavam, acho que li tanto que enjoei, às vezes leio um ou outro mas é difícil!
    Memso assim tenho todos do Nicholas Sparks, 'A Última Música' é o meu preferido!
    E 'Ana e o Beijo Francês' é tão fofinho! Faz um tempo que li, acho que vou pegar pra reler! Me deu saudades..rs

    Beijinhos, Bá.
    http://cafecomlivrosblog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Sabia que Nicholas Sparks estaria na lista, adoro os romances dele. Quero muito ler entre o amor e o silêncio.

    http://www.eucurtoliteratura.com

    ResponderExcluir
  11. Oi, Raíssa.
    Que lista, hein!
    Só os melhores.
    Eu acrescentaria Orgulho e Preconceito.
    Quero muito ler O Lado Feio do Amor, Como Eu Era Antes de Você e Como se apaixonar.
    Abraços.
    Diego || Diego Morais Viana

    ResponderExcluir
  12. Oi! Tudo bom?

    Da lista eu só já Sr. Daniels kkkk e não gostei muito não. Mas gosto muito do romance e já li vários livro do gênero e pretendo ler muitos outros livros, inclusive alguns que estão na lista hahahaha

    Abraços!
    www.nemteconto.org

    ResponderExcluir
  13. Oie Raíssa =)

    Dos livros que você citou li a grande maioria e confesso que chorei horrores em A Ultima Música. O meu livro favorito do Sparks até hoje.
    Anna e o Beijo Francês é o meu xodó <3 Gostei bastante de Como Eu Era Antes de Você também e bem O Lado Feio do Amor dispensa comentários né <3

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  14. Oi, Raí!
    Amei esse post. Está muito apaixonado, hihi ♥
    Eu já li Diário de uma paixão, acho a história linda!
    Também já li Anna. E você sabe, amo os livros da Perkins.
    A Última Música eu só assisti ao filme, mas um dia ainda espero ler o livro. Faz tempo que não leio Sparks.

    Beijocas
    Historiar

    ResponderExcluir

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Obrigada por me visitar!
Beijos.

contatoooldr@outlook.com

Canal

Canal
Se inscreva!

Facebook

Estou lendo

Estou lendo
A Maldição do Tigre