Vida Literária: A Rainha da Fofoca em Nova York - Meg Cabot


Maais uma resenha para o Vida Literária e esse mês que escolheu o livro (é óbvio já que é da Meg Cabot) foi a Ana!
É claro que leria de qualquer forma, já que esse é o segundo volume da série A Rainha da Fofoca, mas ainda assim amei a escolha dela.
Agora, sem mais delongas, vamos à resenha!!




Lizzie Nichols está de volta, sapateando nas ruas de Nova York e procurando por um emprego, um lugar pra morar e seu próprio lugar no Universo (não necessariamente nessa mesma ordem). O uso da palavra com M (Morar Juntos) de seu namoradinho Luke fez com que ela alegremente abandonasse os planos de dividir uma kitnet com sua melhor amiga, Shari, em troca de morar junto do amor de sua vida no caríssimo apartamento da mãe dele, na 5º Avenida.


Lizzie foi parar em uma festa 0800 na sua área – com um vestido de casamento vintage – e um emprego de recepcionista no escritório de advocacia do pai do namorado de Shari. Então, a vida está boa… por agora. Mas quase que imediatamente, sua notável grande boca vai metê-la em confusão. No trabalho, ela está se tornando muito próxima da socialite Jill Higgins, futura noiva, inflamando a ira da problemática futura sogra de Jill. Em casa, ela cometeu o grandíssimo erro de falar a palavra com C (Casamento) para o averso-a-compromissos Luke. 

Mais uma vez a falta de emprego e de lugar para morar paira sobre a azarada e fofoqueira Liz – a menos que ela consiga descobrir um jeito de fofocar seu Felizes Para Sempre.

Autora: Meg Cabot
Editora: Galera
Páginas: 432
Ano: 2010
Série: A Rainha da Fofoca - volume 2


Mais uma vez me diverti bastante com a escrita de Meg Cabot. Esse livro, porém eu demorei um pouquinho mais para concluir, mas acho que isso aconteceu mais pelo fato de eu estar assistindo séries e terminando meus projetos pessoais do que por qualquer outra coisa.

Demorei uma semana para chegar na metade do livro. Mas do meio em diante eu terminei em um dia. Então acho mesmo que o problema foi eu. Porque depois de um certo ponto eu simplesmente não consegui largar o livro até acabar. E acabou daquele jeito que me fez ficar de queixo caído.

A Rainha da Fofoca é uma trilogia que realmente precisa ser lida completa. Não é uma daquelas estória que você lê o primeiro e quando chega no segundo percebe que a continuação não era essencial para a sua compreensão da estória. Nesta trilogia é realmente indispensável que você leia todos os volumes para acompanhar os acontecimentos que ficaram com pontas soltas e também para ver a evolução de cada personagem.

Depois de ler a série A Mediadora e o livro Sorte ou Azar da autora, percebi que ela tem a incrível habilidade de se transformar em cada estória que conta. É como se a essência dela permanecesse a mesma, porém algo no estilo muda. Como se, na verdade, ela tomasse para si a personalidade das personagens e deixasse que elas realmente contem suas estórias.

Isso envolve demais o leitor na trama. Além de a estória ser divertida e te fazer rir muito, você se apega aos personagens e quer continuar convivendo com eles e acompanhando seu dia a dia.

Apenas uma coisa me cansou um pouco até agora, que foi o jeito como às vezes a Lizzie divaga. A narração é em primeira pessoa, de modo que é como se a personagem estivesse contando sua estória para uma amiga. Porém algumas vezes ela faz referências que duram um parágrafo ou mais, ai cansa um pouco. Mas até isso é deixado de lado por causa do talento imenso da autora em contar estórias.

Quanto a edição, gostei da capa e diagramação e achei poucos erros de português. Mas eu adoro a Galera e amo o trabalho deles com todos os livros que eles publicam. Na verdade me apaixonei por essa editora desde quando fui no evento que eles fizeram aqui em São Paulo, o Mochilão da Galera. Foi demais e eu até escrevi um post.

Enfim, acho que fãs da Meg Cabot já devem saber o quanto incrível ela é. E para quem ainda não a conhece, recomendo demais! Ela agrada a praticamente todos os gostos!




Acredito que Meg sabe se reinventar. Ela sabe como cativar o leitor, de modo que a história de Lizzie não seja maçante, aliás, o leitor torce para que ela finalmente encontre seu amor, que Lizzie amadureça e até pare de falar tanto. Mesmo sabendo que suas intenções são maravilhosas, nossa protagonista às vezes troca os pés pelas mãos, nos rendendo situações cômicas, mas também torcendo pela felicidade dela. Recomendo demais essa leitura! Kamila - Resenha e Outras Coisas


Não é segredo para ninguém minha paixão pela autora, mas uma vez ela prova que é uma das melhores no gênero do Chicklit e consegue fazer com que adoremos a querida Lizzie Nichols. Leitura obrigatória aos fãs do gênero. Ana - Entre Chocolates & Músicas

O Outro Lado da Raposa

15 comentários:

  1. Que capa de livro mais linda! Ami a resenha e fiquei com vontade de conferir.
    Beijoos.
    Amor de Lua Azul

    ResponderExcluir
  2. sempre que vejo meninas falando dos livros da meg cabot fico com mt vontade de ler alguma coisa da autora!

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  3. Adorei a capa e a resenha! Acho que eu adoraria demais essas divagações da personagem, isso (creio eu) aprofunda a trama, as sensações, e fiquei curiosa para conferir isso enxergando pelos melhores ângulos. A Cabot era lei na minha estante há anos atrás e seria incrível tê-la de volta!


    SEMQUASES.COM

    ResponderExcluir
  4. Olá!

    Me diverti demais com esse livro! Sem falar no Guia de Noivas dela, aprendi demais! Agora quero ler o último para encerrar a série, porque a Meg foi maldosa em relação ao final hahahaha

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Olá Rai,
    Conheci a escrita da autora recentemente, após ler Diário da Princesa que foi uma leitura incrível pra mim.
    Gostei muito da sua resenha para esse livro e fiquei bem interessada, apesar de sentir certo receio das divagações da personagem.
    Acho que a Meg tem um jeito próprio de escrever e lidar com os personagens e acho isso fascinante.
    Espero ler esse livro e gostar, quando o fizer.
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Sem dúvida chick lits são os meus preferidos e a meg é uma das que mais curto (só perdendo pra linda Marian <3). Preciso ler essa trilogia, genteeeeeee! Adorei a resenha e vi que tô perdendo tempo enquanto não leio u.u HAHAHAH

    beijo
    beinghellz.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oii Raissa

    Esse livro é um dos que quero ler ainda esse ano. Amo a Meg e me divirto com os livros dela, ela é uma camaleoa. Escreve históricos, romances juvenis, chick lits, fantasias e tudo quase sempre perfeito.
    A Rainha da Fofoca me chama a atenção pq eu ando numa fase de livros leves, chick lit´s e este parece ser exatamente o que preciso


    Beijokas

    naprateleiradealice.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
  8. Oi, Raíssa!
    Me joga da ponte porque nunca li nada da Meg.
    Personagens que divagam me estressam um pouco, mas me identifico porque viajo algumas vezes também hahahh
    Anotei a trilogia como dica
    Beijos
    Balaio de Babados | Participe do sorteio do livro Marianas | Porcelana - Financiamento Coletivo

    ResponderExcluir
  9. Olá, Raíssa! Tudo bem?
    Ainda não li nada da Meg, acredita?
    Adorei seu ponto de vista sobre o livro e toda a série "da fofoca" acho que posso chamar assim (rsrs). Enfim, fiquei curioso ao lê sua opinião. É tão bom, quando nos deparamos com sagas que de fato se completam, não dá a sensação que é apenas uma extensão para mais renda para o autor.

    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi
    eu quando li a trilogia, li logo os três livros seguidos, super envolvente e gostei da personagem, ela só se mete em problema porque fala de mais, espero que goste do terceiro livro e da pessoa que ela fica também (adorei os dois juntos. Já li alguns li outros livros da Meg e curto a escrita dela.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi Raíssa, estou com esse livro no meu Kindle faz tempo, logo logo vou ler. Amo a Meg Cabot e A mediadora é uma das minha séries favoritas!

    Bjs, Michele

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  12. Oi, Raíssa, tudo certinho?

    Eu nunca li nada da Meg, acredita? Mas acho que é porque eu não lia chick-lit até o ano passado... comecei a ler e amei, são leituras tão gostosas e descontraídas, do jeito que A Rainha da Fofoca em NY parece ser.
    A capa é muito legal, gostei do efeito dessas bolinhas. E a capa com essas sacolas de compra me lembrou os livros da Becky Bloom (é assim que escreve)?
    Sua resenha ficou ótima, parabéns!

    Beijo
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  13. Oi Raíssa!
    Esse foi um dos poucos livros da Meg que me decepcionou, um pouco pelo menos.
    Não conseguia deixar a leitura fluir, talvez por eu ter lido o primeiro volume beeeeem antes do segundo, mas eu esperava algo mais.
    Porém, super concorco que a Meg se reinventa a cada história, sempre há algo cativante na sua escrita.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. eu adoro livros divertidos. Nunca li nada dessa autora mas tenho bastante curiosidade!
    beijão
    www.batomesaltoalto.com

    ResponderExcluir
  15. Lendo as resenhas desse livro deu vontade de ler de novo! AMO os livros da Meg.
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Obrigada por me visitar!
Beijos.

contatoooldr@outlook.com

Instagram