Vida Literária: Como Se Apaixonar - Cecelia Ahern

Olá leitores!!

Cá estamos com mais um post da coluna Vida Literária que participo com a Ani e a Kamila! O livro desse mês foi eu quem escolheu e fico muito feliz por tê-lo feito!

Ganhei esse livro de aniversário e o escolhi para o Vida Literária do mês de dezembro. Já li Cecelia Ahern antes, conheci a escrita dela pelo livro O Livro do Amanhã. Desde então fiquei com a estória dela na cabeça e cheia de vontade de ler outra obra dela.

Conheci esse livro nos posts de lançamentos da editora Novo Conceito e, felizmente (graças a Ani) acabei ganhando no meu aniversário.. haha

Então vamos à resenha!


Christine está se divorciando de seu marido Barry por não ama-lo mais. Ela está há um tempo procurando uma forma de sr feliz e é fazendo isso que ela acaba presenciando uma tentativa de suicídio. Eu sei, é difícil de entender agora, mas lendo a estória vocês compreenderão o que uma coisa tem a ver com a outra.

Após presenciar essa tentativa de suicídio Christine decide pedir o divórcio ao marido, mas ele não lida muito bem com isso. Ela sempre achou que um raio não poderia cair duas vezes no mesmo lugar, mas isso logo se prova falso.

Novamente Christine se depara com um homem prestes a tirar a própria vida, mas dessa vez ela é mais rápida e o convence a desistir do suicídio. Porém, para conseguir que o homem permaneça vivo ela acaba prometendo que fara com que a vida dele valha a pena ser vivida de novo.

Título: How to Fall in Love
Autora: Cecelia Ahern
Editora: Novo Conceito
Páginas: 343
Ano: 2015


Se eu já gostava da escrita da Cecelia agora eu amo de vez!
Ela conseguiu pegar um tema difícil, dramático e delicado e trabalhá-lo de forma leve e até divertida!

Adam está passando por um período muito difícil em sua vida, com seu pai no hospital quase morrendo, sua namorado dormindo com seu melhor amigo e ele tendo que sair do emprego que ama para estar a frente dos negócios da família. Então, em um momento desesperado, a única saída que ele encontra é tirar a própria vida.

Mas é ai que Christine entra em sua vida, com suas roupas coloridas e seus livros de auto ajuda e muda tudo. Ela tenta todos os dias achar um jeito de impedir que Adam desista de seus vida e, no final do livro descobrimos porque ela faz isso.

Mas o decorrer da estória, que era para ser mais dramático do que qualquer outra coisa, se mostra divertido, emocionante e muito lindo!

Os personagens são bem palpáveis, adorei a Christine, porque mesmo com todos os problemas que ela tem na vida, ainda assim ela não deixa de se preocupar com as pessoas ao seu redor!

A família dela então é um caso à parte! Todos são advogados e muito diferentes dela. Eles são engraçados e vivem fazendo piadinha, o que deu uma vibe muito bacana na estória.

Me agarrei a estória com unhas e dentes e fiquei torcendo loucamente para que a Christine conseguisse convencer o Adam a seguir com sua vida. Mas, principalmente, torci para que ela mesma recuperasse o controle de sua vida e fosse feliz também!

Mais uma vez a autora me pegou de jeito com sua escrita e me conquistou com seus personagens. Quem gosta de um bom romance divertido e dramático vai amar esse livro!

"Cecelia tem uma forma maravilhosa, delicada, fluída de escrever. Isso se nota quando ela nos faz rir, com as cenas cômicas de Christine, ou quando está falando sério, com as cenas mais tensas envolvendo Adam. E ela aborda vários outros temas, mas sempre focando no principal: o suicídio. Ela te faz pensar porque a pessoa quer se matar e até como podemos ajudar. Porque, podemos não saber, mas podemos ter um amigo que está passando por situação parecida com a de Adam. Leitura mais que recomendada." - Kamila, Resenha e Outras Coisas

"Demorei um pouco para engatar a leitura, mas já estou acostumada com os os livros da Cecelia que sempre possuem inícios massantes. Como sempre ela me conquistou, me fez torcer e me apaixonar pelos dois. Acho que o mais legal de tudo, é que em todos os livros dela SEMPRE tem uma lição a ser aprendida e considerada. Acho que quando um livro mexe tanto como o leitor, como fez comigo, ela alcançou o  objetivo. Entrou para lista de favoritos de 2015." - Ana, Entre Chocolates e Músicas 



Essa postagem faz parte do Vida Literária:

Comentários

  1. tai outra autora bem conhecida, que sempre vejo os titulos na livraria, mas ainda nao li nada dela! esse livro parece super legal

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  2. Meniba, eu achei a história desse livro tão amor! E o fato de ser escrito pela Ahern só me deixa mais animada! Quero ler logo!
    Adorei a resenha!
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oii!

    O livro dela é maravilhoso! bem, eu sou suspeita pra falar dos livros dela né? ADORO todos, e com esse não foi diferente. Gostei da forma como ela narrou tudo e de como o romance foi construido.
    COmo sempre, ela me fez refletir sobre diversas coisas.


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bem?
    Não conhecia a Cecelia Ahern, mas pelos seus elogios a escrita dela deve ser maravilhosa. Foi no seu post também que descobri que ela é autora de "Ps. Eu te amo" e "Simplesmente acontece", ou seja, necessito desses livros.

    Abraço!
    http://www.tudoonlinevirtual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Raissa!

    Eu gostei bastante do livro, mas achei auto-ajuda demais, sabe? Já li outro livro dela e gostei bem mais, agora tenho vontade de ler Simplesmente Acontece, adorei o filme. Mas enfim, gostei demais do jeito que a Cecelia desenrolou essa história, pena que não funcionou tanto assim para mim.

    Beijo!
    http://www.roendolivros.com

    ResponderExcluir
  6. Eu não conhecia a autora, mas fiquei com vontade de ler esse livro.
    Fiquei babando nessa resenha, quero esse livro tipo para ontem.
    http://www.pensamentosdefabs.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Achei bacana a personagem mesmo passando por uma fase complicada querer ajudar o cara a não cometer suicídio e fiquei curiosa pra saber o porque também.
    Beijos
    Infinita Feminice

    ResponderExcluir
  8. Olá!

    Cecelia foi maravilhosa ao escrever esse livro! A forma como ela tratou o suicídio tornou a história bem tranquila e palpável, mostrando que nenhum de nós está imune ao distúrbio. Como se apaixonar também é meu favorito e fico feliz em ver que nós três adoramos a história!

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Raíssa!
    Estou tãããão ansiosa para ler esse livro, só vejo elogios.
    Além da capa ser linda, né?
    Não li nada da autora ainda, então ver você tão empolgada me anima. Sei que o tema será complicado para mim, mas quero arriscar.
    Beeeijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem?

    Adorei a resenha desse livro! Tem um tempinho que quero comprar ela, mas nunca tive um motivo fixo para eu comprar. Sua resenha me ajudou a criar a minha opinião sobre esse livro!
    Beijos.
    sonhardevaneios.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi, Raíssa.
    Sou muito curioso nos livros dessa autora e esse parece muito bom.
    Romance divertido e com temas dramáticos.
    Deve ter uma escrita bem leve e que flui muito bem.
    Gostei do tema, achei muito interessante mesmo.
    Teria tudo para ser um livro carregado de drama, mas a autora consegue colocar muito bom humor pra tornar tudo mais divertido.
    Abraços.
    Diego || Diego Morais Viana

    ResponderExcluir
  12. Oi Ra, tudo bem contigo ???
    Sei que conversamos um pouquinho sobre esse livro já faz um tempo, mas como eu não consigo me lembrar exatamente do que falamos, decidi passar aqui para deixar a minha opinião sobre ele !!!
    Não tive a chance de ler muitos livros da Cecelia, conheci a escrita dela graças a fofa da Joi, que me enviou dois livros já !!! Mas acredito que se não fosse por ela, nunca teria começado a ler os livros da autora.
    Gostei bastante dos livros que li, principalmente de Como se Apaixonar, percebi que a autora possui uma capacidade muito legal de inserir belas mensagens em suas histórias, e posso estar enganada, mas estou começando a perceber uma linha que ela segue em seus livros, pelo menos, notei isso nos dois livros que li.
    Apesar de ter curtido alguns aspectos dessa história, fiquei um pouco decepcionada com relação ao drama, a forma como a autora abordou o tema do suicídio, e como ela montou o Adam. Sou bem chata quando o assunto é drama, e talvez esse meu lado tenha pesado um pouco, rsrsrs, mas mesmo não tendo curtido certas partes, não posso negar que curti a leitura !!!
    As vezes é muito bom ter esses livros por perto né ?! Eles nos ajudam a descansar a mente, e pelo menos pra mim, ajudam a fugir um pouco da zona de conforto !!!

    Beijinhos
    Hear the Bells

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Obrigada por me visitar!
Beijos.

contatoooldr@outlook.com