Livros

Resenha: Cinquenta Tons de Liberdade - E. L. James

15:30


Olá leitores!

Então, eu li Cinquenta Tons de Liberdade. Estava curiosa para saber o que mais a autora iria fazer acontecer na estória. Li a versão digital, então não tenho muitas fotos para mostrar aqui.

Antes de mais nada, quero dizer que achei o livro legal sim. Um pouco repetitivo, talvez, mas legal. Vi muita merda na internet sobre a saga. Acho que hoje em dia, com o avanço da internet, as pessoas sentem que tem o direito de dizer o que quiserem e ofender quem ou o que quiser sem a menor consideração. 

Se eu não gosto de um determinado tipo de música, me sinto no direito de zoar o quanto eu quiser, e nem preciso ter argumentos coerentes pra isso. 

Mas uma coisa é certa. Essa saga - apesar puco elaborada - desencadeou o lançamento de muuitos livros do mesmo gênero. Acho que, de certa forma, a autora quebrou um tabu, sobre mulheres que gostam de ler romances eróticos e tinham vergonha disso. Porque homens assistirem pornô é completamente normal. Mas deixe uma mulher tentar se excitar de alguma forma que já vira um crime!! Ela é indecente! 

Outros dirão que a saga é muito machista, sem nem levar em consideração que a personagem GOSTA de tudo o que está sendo feito. Ela PEDE para que Grey faça as coisas que faz. E sim, tem gente que sente prazer sendo submisso. Qual o problema nisso??

Eu defendo muito os direitos das mulheres e fico irritadíssima com machismo. E não. Esse livro NÃO me fez querer um cara mandando em mim 24 horas por dia. Eu gostei sim da saga, achei os dois divertidos e achei o livro romântico. Mas não, não gostaria de ter um relacionamento assim. Ponto.

Então, por favor, antes de comentar qualquer absurdo sobre a saga, se certifiquem de pelo menos lê-la antes e usar argumentos concretos. Nada daquela ladainha de "livro machista" e blá blá blá!

Dito isso, segue resenha:

Em Cinquenta Tons de Liberdade, Grey e Anastasia estão casados. Os dois saem em lua de mel pela Europa. Mas não podem ficar pra sempre em sua bolha de amor.
Christian mudou muito desde que a conheceu, mas ainda há coisas sobre ele para serem reveladas.
Ao voltarem pra casa, os dois se vêem sob a ameça do antigo chefe de Anatásia, que está disposto a fazer de tudo para acabar com a felicidade do casal.

Título Original: Fifty Shades Freed
Autora: E. L. James
Editora: Intrínseca
Páginas: 630
Ano: 2012


Como eu disse anteriormente (no meu ataque de raiva) eu gostei da saga, de modo geral. Acho que é realmente libertador - se me permitem o trocadilho - o sucesso que esses livros fizeram. É um passo adiante contra o tabu que é falar sobre sexo.

E. L. James escreve bem sobre isso, não de uma maneira rude, mas com certa graça e romantismo. Sim, mesmo nas partes mais "quentes".

Eu demorei um pouco - mais tempo do que normalmente eu demoro - para começar a ler este volume da saga. Eu estava curiosa para saber o que mais iria acontecer. Mas ao mesmo tempo estava com uma preguicinha de ler, com medo de não gostar.

Felizmente foi uma leitura agradável. Com o Christian tendo mudado tanto e a Anastásia também, de certa forma, o livro acabou me interessando. Eu li a versão digital porque baixei o livro em um impulso. Eu não pretendia lê-lo tão cedo, mas assisti ao filme em um final de semana recente e de repente me bateu a vontade de ler este último volume.



Acho que os dois personagens estão em suas melhores versões nesse livro. Ana está muito mais corajosa e forte, o que me pegou de surpresa. A teimosia dela está mais evidente e Christian está mais compreensivo, coerente.

Ele se abre mais com a Ana e conhecemos mais sobre seu triste passado. Mas também há humor, eu ri muito em algumas cenas. É um livro divertido, se você deixa certos preconceitos de lado.

É claro que o rumo das coisas é meio previsível e há também certas futilidades que poderiam ser deixadas de lado. Mas apesar disso, achei que a autora trabalhou bem o lado sentimental de Christian. Ainda que eu quisesse ter sabido mais sobre a estória dele, acho que esse ponto poderia ter sido mais aprofundado.

Este volume não tem muitas surpresas, realmente. Tem um ou outro acontecimento no meio e no final que é mais alucinante, mas de modo geral é parecido com os outros volumes. 

Eu realmente vivo uma relação de amor e ódio com essa estória. Porque a autora criou personagens divertidos, mas a estória não é tão bem desenvolvida. Faltou novidades. Acho que poderia ter acontecido mais coisas diferentes, material ela teve pra isso. Mas o foco acaba sendo o erotismo mesmo.

Playlist Fifty Shades of Sexy

Para encerrar o assunto "Cinquenta Tons", preparei uma playlist inspirada na saga. Algumas músicas fazem parte da trilha sonora do livro e outras achei que combinam bem com esse clima "sexy".












You Might Also Like

21 comentários

  1. Olá!

    Como você sabe, gosto de hots, mas não gosto de 50 tons, mais por questão do sadomasoquismo - assim como tem gente que gosta, eu não gosto. Mas, admito que a EL James foi uma promissora ao lançar essa série, se ela não tivesse lançado, outras dificilmente lançariam. Quanto à história, achei fraca, acredito que o sucesso se deu porque tem muito sexo e que o Grey é bonitão!

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Discordo. Acho que se fosse só por causa disso os livros da Sylvia Day (que não passam de inspiração em cinquenta tons) fariam muito mais sucesso.
      Não acho que a trilogia de E. L. James seja tão bem escrita e desenvolvida. Mas discordo do seu ponto de vista.

      Excluir
  2. Eu tb gostei desse 3 Livro da saga e como vc achei tb um pouco repetitivo mas em geral o livro é mto bom

    Bjss

    www.adrianequaresma.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oieee!!!!
    Antes de mais nada, adoreeeei seu desabafo! E adorei a playlist ao fim da resenha!
    Quanto à resenha, impecável!
    E, quanto à saga... Bom. Eu não gostei muito. Eu achei que poderia ter sido melhor explorada, sabe. Na época que li senti falta de mais detalhes sobre a história do Grey. Achei que foi pouco explorada e tals...
    E achei meio repetitivo essa coisa de "Ana desagrada o Grey e as coisas se resolvem com sexo". As cenas de sexo nem são tãaaaoooo assim a ponto de ter tido tanto falatório sobre as mesmas.
    Mas voltando à minha carência de mais fatos sobre o Grey, acho que isso foi proposital, né? Para que rolasse um interesse de todos pelo livro que foi lançado recentemente, o Grey - golpe de mestre esse viu?Deixa a gente curiosa pra depois de muito tempo lançarem o livro! Espertinhos!
    Rs
    Enfim... Eu daria três ou quatro estrelas... Rs!
    Beijos!

    Fabi Carvalhais
    pausaparapitacos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigadaa Fabi!
      Sim também achei isso meio repetitivo. Por isso gosto de ler sempre os comentários da resnha, vocês sempre e lembram de alguma coisa importante do livro! haha
      Pode ser mesmo que a autora tenho feito isso de propósito!

      Excluir
  4. A música da beyonce feita especialmente para o filme é DEMAAAAAAAAAAAAAAAAAIS.
    Quero muito saber o que aconteceu no passada dele. Gente o ator É MARAVILHOSOOOOOOOOO. As pessoas podem falar mal do filme, mas dá vontade de ir ver só para admirar a beleza dele.

    Beijoos, Love is Colorful

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, fiquei viciada nessa música, ela arrasa!

      Excluir
  5. eu adoro livros eroticos e 50 tons eh meu amorzinhos, eu amei todos os livros e tb fico puta qnd falam q eh machista...
    concordo com tudo que vc disse, e sim, a autora podia ter deixado algumas coisas foras e desenvolvido melhor a historia dos personagens secundarios
    tonsdeleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As pessoas só veem o lado ruim das coisas, infelizmente!

      Excluir
  6. Olá, tudo bem?
    Acho que só pelo nome do meu blog já deu para notar qual é o meu gênero literário favorito, né?! E eu adorei a sua opinião em relação as pessoas que se sentem abertas o suficiente para xingar e falar calamidades sem ao menos ter noção da história. Ainda existe um certo preconceito porque eles acham que o Christian "bate" nela sem quê nem porquê, ou seja, essas pessoas nem buscaram ler para poder se pronunciarem ou falar coisas de baixo calão para as pessoas que gostam desse tipo de livro.
    Eu adorei o seu blog. Já estou seguindo <3

    http://leitoracretina.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. entããããoo....

    concordo com você. Não é o livro mais bem elaborado do mundo, mas ele é inovador SIM. Trouxe uma temática que era pouco difundida e que se tornou febre depois do mesmo. Particularmente, curti mais o primeiro livro e achei os dos seguintes meio arrastados, mas não me impede de dizer que é uma leitura legal. É leve, a escrita é fluida e rapidinho você termina o livro. É um bom passatempo, mas nada que vá mudar a vida, logicamente. Nem todos os livros foram feitos pra se fazer pensar. As vezes o que a gente quer é não pensar mesmo e apenas mergulhar numa história alternativa.

    beeeeeeijo
    beinghellz.blogspot.com

    P.s.: tava com saudadinha daqui <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que saudaaadees Hellz. Você fica ai sumindo viu! haha

      Excluir
  8. Olá Flor
    Tudo bem?
    Confesso que Também adorei a trilogia, mas o terceiro Volume, achei um pouco cansativo e desnecessário um livro desse Tamanho! as vezes fico na duvida se ele realmente foi necessário, não seria mais fácil escrever um extra apenas? pois como você mesmo disse não foi nada Revelador, um livro extra contando apenas com a Lua de mel deles, e final que sabemos qual é, já seria suficiente HAHAHA, na verdade cinquenta tons de cinza foi um dos únicos livros que Gostei Erótico, mas entre todos mesmo problemático Christian na minha opinião e o mais Maduro, mas não tenho nada com os outros.
    adorei a Resenha.
    Beijos
    http://resenhaatual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poderia ter sido melhor, mas eu gostei mesmo assim.
      Como eu disse, vivo uma relação de amor e ódio com essa trilogia! hahaha

      Excluir
  9. Concordo em gênero, numero e grau com TUDO que voce disse!
    Eu tinha muito preconceito com essa historia pelo o que me vendiam dela.Ate que, fiquei curiosa com o filme e resolvi assistir , terminei o filme e fui correndo baixar os livros pq havia ficado curiosa e simplesmente me apaixonei com a historia! Não e a melhor escrita do mundo , porem não é esse poço de ruindade que muita gente vende.
    Amei tua resenha ♥
    historiaseoutrasdrogas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre que deixamos nossa mente aberta, descobrimos coisas muito legais!!

      Excluir
  10. Pra falar que nunca li nada, eu li acho que uns 5 capítulos do primeiro livro e não curti, sei lá, a história não me prendeu, os personagens eu achei nada cativantes hahaha se um dia eu conseguir, tento encarar ele até o final, mas pelo menos li 5 capítulos pra falar que não gostei... hahahaha

    ResponderExcluir
  11. Bom eu adorei os livros, só achei Anastacia sem muita personalidade, porque ela gostava do estilo dele e ficava se fazendo de vítima. O terceiro livro achei desnecessário. Mas convenhamos que essa trilogia foi o despertar pra muitas mulheres assumir que gosta de ler esse tipo de livro

    ResponderExcluir
  12. Concordo em genero, numero e grau com tudo o que voce disse. As pessoas tem um costjme muito chato de achar que só o que elas gostam é bom. E essa questao que voce disse sobre dar mais liberdade para as mulheres em afirmar a sua sexualidade tambem é muito pertinente. Esses livros abriram um porta para as mulheres nao terem medo de ter "fantasias" e perderem esse preconceito que porno é só para homens. Nuna li cinquenta tons de cinzas, mas já tentei ler um livro que surgiu no meio dessa onda. Mas nao consegui avancar. Acho que mais por ter outras preferencias do que por ter achado ruim. Ate mesmo porque, eu nao acredito que exista livro ruim. Tudo é uma questão de gosto e, muitas vezes, ate de momento na vida.

    ResponderExcluir

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Obrigada por me visitar!
Beijos.

contatoooldr@outlook.com

SUBSCRIBE

Categorias