Diário da Raposa #3 - Palestra, como eu comecei a ler e a importância de ler.

Olá Leitores!! o/

Dia 12 desse mês, fiz uma palestra na Oficina de Artes Lápis-Lazúli sobre a importância da leitura. Meu tio me indicou para ir lá palestrar, eu fiquei muito empolgada com o convite e até meio orgulhosa, mas também estava nervosa demaaaais!


Gente, entendam! Escrever aqui e dizer as coisas que eu penso, com uma tela de computador intermediando tudo é uma coisa. Agora, falar sobre livros e a importância de lê-los, na frente das pessoas é outra beeeem diferente! haha

Maaas ok! Me preparei a semana inteira anterior, pensando e repensando nas coisas que eu ia falar. Com um medo absurdo de passar vergonha... de as pessoas perceberem que na verdade eu não entendo nada de nada.. hahahah.

No fim deu tudo certo, é claro. Eu, apesar de ficar nervosa e apreensiva, gosto desse tipo de desafio. 
Gosto de sair da minha zona de conforto e enfrentar coisas que eu pensava que não era capaz.

A palestra foi mais uma conversa. Uma troca de ideias sobre ler, a importância disso na vida de alguém e, é claro, livros!

Compartilhei com as pessoas como eu comecei a ler. Como me tornei essa viciada, que tem mais de quarenta livros não lidos e ainda compra mais... haha

Comecei a ler por causa da minha mãe e do meu irmão. Minha mãe sempre teve muitos livros em casa e sempre me incentivou a isso. 

Eu até lia quando essa criança, mas não era tããoo viciada como sou agora.

Naquele dia estava um frio gostoso... E agora está esse inferno de calor. :(


Peguei de verdade o gosto pela leitura quando estava com uns 15 ou 16 anos e li Crepúsculo. Como eu disse na palestra, não tenho vergonha de dizer que sou fã da saga. Como menosprezar livros que me apresentaram para um mundo tão mágico, como o da leitura?

Acho que é besteira dizer que tal livro é ruim. Que tal pessoa só lê livros ruins.

Isso não existe gente. Em um país que ainda tem índice de analfabetismo, ler romances assiduamente já é uma vitória! Abram os olhos pra isso! O importante é ler!!

É claro que, com o passar do tempo, alguns livros vão começando a enjoar. No meu caso eu já estou ficando um pouco cansada de um certo tipo de livro e estou querendo ler coisas mais "desafiadoras". Mas isso sou eu que já li muitos romances e muitos livros com, basicamente, a mesma fórmula. Se é que me entendem.

Mas, ainda assim, não julgo as pessoas pelo tipo de livro que elas são viciadas. Pelo menos elas são viciadas em ler!

 Outra coisa que eu fui defender nessa palestra, foi a importância de se dar mais valor à livros nacionais. Falei sobre autoras como a FML Pepper, Camila Pelegrini, Amanda Ághata Costa, Babi A. Sette. 

Falei que, apesar de elas estarem no começo da carreira, devem ser mais divulgadas e valorizadas. Literatura nacional não é só Paulo Coelho ou Álvares de Azevedo. Não que esses autores não sejam importantes. Mas eles já tem seus nomes consagrados. Quem precisa de apoio agora são esses autores iniciantes!

Levei os livros da Pepper e da Camila até lá e mostrei para eles, para provar que há sim escritores de boa qualidade atualmente. Comentei até sobre a Bienal do livro, que aconteceu recentemente e o quanto eu queria ter ido. haha

Enfim leitores, como diz a Ani, foi tudo isso que aconteceu. Só que muito mais. Mas não vou falar demais para não cansar vocês. hahaha

Deixem suas respectivas opiniões abaixo, sobre tuuudo o que eu falei aqui no post, ok? Ok!

Comentários

  1. Olá,
    Eu não sou muito boa com palestras e esse tipo de coisa, as palavras chegam facilmente quando eu escrevo, mas falar são outros quinhetos, rsrs. Mas gostei dos temas abordados, é importante valorizar a literatura nacional mesmo e confesso que também foi Crepúsculo que me trouxe para o mundo da leitura. Não tenho vergonha de afirmar isso.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei bem nervosa no começo, suava e tenho certeza que eu estava muito vermelha. Mas a coisa foi fluindo naturalmente. haha
      Obrigaada Inês! o/

      Excluir
  2. Oi, Rai! Que desafio, hein? Não sei se eu teria coragem de dar uma palestra não, sou meio tímida para falar em público, hahaha. Mas é sempre bom mesmo sair da zona de conforto e enfrentar novos desafios!
    Sobre Crepúsculo... Tamo junta! Hahahah :D
    Crepúsculo foi o nascimento da minha vida literária, mas naquela época ainda não fiquei tão viciada não. Acho que na verdade isso foi crescendo dentro de mim aos poucos, foi gradativamente aumentando a minha quantidade de leituras, e acho que o gênero que mais me influenciou foi a distopia. Jogos vorazes, depois Divergente, Maze Runner, Estilhaça-me... E agora não paro mais! Se bem que depois que comecei a escrever estou tendo que me desdobrar um pouco e meu ritmo diminuiu, mas ainda sim ainda estou me esforçando para equilibrar as duas coisas, afinal como escrever sem ser um bom leitor, né?

    Beijos,
    www.naestradadafantasia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem me fale Mari!
      Tamo junta, toca ai o/ hahaha
      Concordo plenamente!!

      Excluir
  3. Oi Raissa,
    Parabéns! Também acho importante passar por desafios e sair da nossa zona de conforto. Tenho certeza de que você foi brilhante. E o tema era sensacional! Eu também lia quando era criança, mas não era louca por livros. E hoje sou completamente apaixonada, não consigo viver sem. Sempre estou lendo alguma coisa.
    Realmente, se a pessoa está lendo, está exercitando sua mente, não importa o livro. Detesto esses preconceitos. Acredito que leva algum tempo até que os autores iniciantes terem reconhecimento. Afinal, muitos dos nossos escritores clássicos levaram algum tempo para serem reconhecidos, alguns nem foram reconhecidos em vida, só postumamente começaram a se tornar conhecidos e valorizados.
    Beijão - Tão doce e tão amarga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você tem razão, o nome da pessoa é feito com o tempo. Mas não custa nada ajudar os que merecem né? haha

      Excluir
  4. Ah que desafio bacana, acho uma ótima experiência! Deve ter sido ótima sua palestra, tenho certeza!
    Beijo

    Dicas para Todas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, como sempre, pelo comentário, Mari! :D

      Excluir
  5. Olá Raissa! Que iniciativa maravilhosa! Eu odeio falar em público e embora eu goste de participar dessas palestras, é só pra assistir mesmo, eu falo até três pessoas, depois disso, trava tudo haha Esse preconceito com o que as pessoas gostam de ler tem que acabar, gente. Tenho certeza que algumas pessoas me acham uma cabeça de vento por gostar tanto de chick-lit haha, fazer o que né! E que ótimo que você falou dos novos talentos da literatura nacionam, a trilogia da Pepper é maravilhosa, espero que ela lance novos livros logo! Parabéns! Beijos!
    http://www.trocandodisco.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Que corajosa! O: Eu não me imagino dando palestras porque sou muito tímida, acredito que precise de uma coragem enorme. Fico feliz que tenha dado tudo certo. É sempre bom ler algum livro, ele serve para várias coisas e pode abrir portas na vida de muitas pessoas, principalmente para quem trabalha escrevendo, é uma boa ideia para se ter criatividade.
    Eu comecei a ler muito pequena também, mais por influência da minha mãe, e depois disso meu pai passou a comprar vários livros para mim. Livros é um amor sem fim, não é? rs Adorei ~ beijos

    sonho-oriental.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Raíssa, se foi convidada é porque mostra, mesmo sem dizer, que dá conta do recado. Obrigado mais uma vez, espero termos outras oportunidades. Beijão!

    ResponderExcluir
  8. Oi, Raissa! Tudo bem?
    Que legal *-* Me imagino dando palestras sobre livros. Eu já palestrei sobre coisas da faculdade e gostei mto.
    A iniciativa é mto legal!
    beijos
    mundoemcartas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. cara que massa!!! nunca dei uma palestra na minha vida deve ser louco o.O
    cara adorei seu ponto de vista e partilho da mesma opinião
    sou do time que nao critica pessoa que leem independente de qual tipo de livros as pessoas leem
    acho um saco gente cult falando que só tem que ler machado de assis
    liberdade literária é o que há!

    www.meumuraldeideias.com

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem? Que responsabilidade eim Rai! Palestras são sempre um exemplo pro público alvo. Fico feliz por você ter conseguido passar por essa experiência tão bacana.

    http://www.blogmemories.com.br

    ResponderExcluir
  11. Waaaaaaaaaaaaaa eu tbm amava Crepúsculo xD
    Eu gosto de ler acho q desde que eu aprendi xD
    Mas Crepúsculo realmente marcou <3
    http://diariodelolivlet.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. nossa que maximo esse post, comecei a ler por influencia dos meus pais e só tenho a agradecer!

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  13. "Em um país que ainda tem índice de analfabetismo, ler romances assiduamente já é uma vitória! Abram os olhos pra isso! O importante é ler!!" super concordo!
    Amei seu texto.
    Beijo.

    www.imperfeitaas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Olá!

    Tirou de letra a palestra, parabéns! Você sabe que não curto Crepúsculo, mas, como você mesma disse, só pelo fato de que brasileiros leem, já é uma vitória! Não existem livros ruins, existem autores que, por n motivos, não conseguiram desenvolver a história. E que venham mais palestras!

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Oi Raissa, parabéns pela oportunidade de palestrar sobre um tema tão importante. Fico feliz em saber que você não é preconceituosa e que valoriza os livros que leu e que fizeram diferença na sua vida, independente do que os outros digam. Assim como você, não tenho vergonha alguma de dizer que amo Crepúsculo. E super legal o seu incentivo à leitura nacional. Estamos precisando mesmo. Beijos, Mi

    Blog Recanto da Mi

    ResponderExcluir
  16. Primeiramente, Parabéns!
    Eu morreria de vergonha!
    Eu leio bastante, mas não tenho tantos livros quanto você.
    Adorei o post.

    bjOO

    Blog Breshopping da Dany
    SORTEIOS Breshopping da Dany SORTEIOS
    Instagram: @breshopping_da_dany
    Twitter: @brechodanylins

    ResponderExcluir
  17. Raissaaaa
    Que legal você ter ido dar palestra/conversar sobre livros.
    O mundo precisa de mais iniciativas como essa.
    Aaah, também não tenho vergonha de falar que amava Crepúsculo, nããããão.
    Gente, era na época (E olha que eu já tinha 20 e poucos anos, haha) um dos meus preferidos. Hoje leio e acho meio ridículo, mas ainda amo, oras, haha.
    E muito legal você falar sobre autores nacionais. Nós agradecemos :P
    Hehe.

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  18. Olá!!
    Eu fiquei bem feliz com esse convite que você recebeu pq é ótimo ser valorizada né?
    O debate foi bem interessante e parece ter sido muito proveitoso para todos <3 <3 <3
    Acho que não se deve julgar ninguém por livros que elas gostam, o importante ler. Mas acho que mesmo a galera que zoa Crepusculo também é zoada por curtir algo diferente, então os dois lados devem ceder :)


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  19. Olá, Raíssa!
    Parabéns pela palestra e fiquei muito feliz em saber que meu nome foi lembrado.
    Muito obrigada pelo carinho!
    Beijocas,
    Pepper
    Obs: Crepúsculo foi o livro que abriu as portas para que eu tomasse gosto pela leitura. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Crepúsculo iniciou muuuita gente na leitura né? Também já está fazendo 10 anos desde a publicação!!
      Obrigada por tudo Pepper!!! *-*

      Excluir
  20. Oi, Raíssa!
    Poxa, que coisa incrível!
    Vc faz um trabalho muito bacana aqui no blog, escrevendo coisas lindas e fortalecendo a literatura nacional. Agora percebeu que deu mais um passo né? A sua palestra com ctz tem o poder de trazer mais gente para a leitura, e isso não tem preço!
    Estou muito orgulhosa!
    Espero que continue :)

    E ah, claro, muito obrigada por levar o Sombras com você. Fiquei muito feliz.
    Beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imagina Cami. Você e o Sombras merecem todo o apoio do mundo!!! :D

      Excluir
  21. Oi flor, tudo bem contigo ???
    Primeiramente, eu preciso te parabenizar pela postagem e texto maravilhosos, por ter enfrentado aquele friozinho na barriga (não sei se com você é assim, mas eu sempre sinto isso quando tenho que apresentar algo para outras pessoas) e ter dado essa palestra. Gostaria de ter a oportunidade de ter ver falar, iria adorar assistir a sua palestra !!!
    Ao contrário de ti, comecei a pegar o gosto pela leitura quando era bem novinha, mas foi graças a um livro da Agatha Christie (olha só como eu era ousada, hahaha), que eu me vi em um mundo maravilhoso, absurdamente mágico onde tudo é possível. Depois de uma experiencia confusa e eletrizante com o livro da Agatha, que anos depois, descobri se tratar do Mistério dos Dez Negrinhos (tudo graças a você), eu comecei a buscar todo o tipo de livro, e hoje, beeeem, hoje sou como você, tenho um monte de livros para ler mas mesmo assim estou comprando mais, rsrsrs.
    Admito que já fui muito preconceituosa, já falei mal de quem não gostava dos livros que eu gostava, já apontei o dedo para aquelas pessoas que liam esse ou aquele tipo de livro. Mas o tempo passou, e hoje eu acredito que o importante é ler. Poxa, as vezes você começa a pegar gosto pela leitura por causa de um livro com uma história assim ou assada, mas isso não quer dizer que aquele livro é ruim. Cada um tem um gosto, e isso é maravilhoso.
    É graças aos gostos literários diferentes que descobrimos livros novos, que aprendemos e entendemos melhor aqueles gêneros que não fazem muito o nosso estilo. No final, somos uma grande família literária, estamos unidos por nosso amor aos livros, e pouco importa se você gosta de fantasia, eu de terror e o fulano de romances. São os livros que nos unem, e nós sabemos o poder que eles possuem !!!

    Beijinhos
    Hear the Bells

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ry e seus comentários épicos! Você tem razão em tudo, claro. A leitura nos conecta de uma forma muito especial e, foi graças à ela que te conheci, por causa do blog. Então é só mais uma coisa que eu agradeço! Obrigada pelo apoio de sempre! *-*

      Excluir
  22. Oi! Tudo bem, guria?

    Gente, que legal! Pelo menos ocorreu tudo bem na palestra, né? Nunca participei de uma assim, falando para os outros, então imagino o seu receio e vergonha. Parabéns pela coragem! Já pode enviar um pouco pra mim pelo correio que estou aceitando.
    Sobre essa questão dos livros nacionais, bom, super concordo contigo. Muita gente que conheço acha que literatura nacional se resume em José de Alencar e Machado de Assis. Bato no peito e cito nomes que amo, como Camila Dornas, Leonardo Barros, Tammy Luciano e muitos outros!

    Um beijo,
    Doce Sabor dos Livros docesabordoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma das bandeiras que sempre vou levantar aqui no blog é a da literatura nacional atual.
      Obrigada! *-*

      Excluir
  23. Poxa Raíssa, super legal isso! Vc deve ter arrasado na palestra! Pode até ter ficado nervosa, mas falar sobre leitura é muito prazeroso né?
    Ótimos exemplos q vc usou pra falar da literatura nacional!
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  24. Que bacana, parabéns pela palestra!
    Hoje tenho pouquíssimo tempo para ler, mas ainda sim baixei um livro no celular que estou acompanhando um pouquinho por dia, contudo, ainda não está me prendendo, mas vou tentar não parar, pois gosto de livros com histórias emocionantes e que me prendem na leitura! :)

    bjs

    www.tpmbasica.com.br
    youtube.com/tpmbasica

    ResponderExcluir
  25. Em primeiro lugar, Raissa, parabéns! E que bom que enfrentou qualquer nervoso e foi lá falar sobre as suas experiências. Parabéns mesmo!
    Sempre é bom dividir com os outros como começamos a "ler". Isso ajuda as pessoas a enxergarem que não é muito difícil cultivar esse hábito e, como você disse foi "Crepúsculo" que deu o verdadeiro start na sua vida, cada um terá o seus primeiro que realmente o fará encantar pelo universo da literatura. As pessoas só precisam estar abertas para experimentar esse universo vasto e extremamente variado. Acho que a literatura realmente faz jus ao ditado "tem gosto pra tudo"!
    Beijos
    Adorei o post!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Obrigada por me visitar!
Beijos.

contatoooldr@outlook.com