Só hoje...

maio 08, 2015



A gente ouve tanto as pessoas cagando regra por ai que começa até a acreditar em algumas coisas.
Por exemplo, devo ser magra pra sair bem nas fotos. Devo escolher a faculdade certa pra me dar bem na vida. Devo arrumar logo um namorado para casar e começar minha família. 

Devo isso, devo aquilo...

O que eu devo mesmo é fazer o que eu sinto vontade, sem me sentir mal comigo mesma no fim do dia.

Devo mesmo é me aceitar do jeitinho que sou, sem tirar nem pôr. Aliás só tirar e pôr se EU quiser e achar que será bom pra mim.

As pessoas te poem tanto pra baixo que você começa a acreditar.
Hoje eu me dei ao luxo de ficar chateada por não ser magra o suficiente, ou inteligente o suficiente, ou até bonita o suficiente. Mas sei que não pode ser assim todos os dias...

Pelo menos se escrever queimasse calorias... 

Mas escrever queima esse sentimento horrível aqui dentro de que, não importa o que eu faça, parece que nunca é o suficiente.

Mudei meu cabelo e as pessoas acharam que era melhor ter ficado como era. Engordei e as pessoas sentem falta da magricela que eu costumava ser. (Algumas nem saber que eu era magra por um motivo nada legal)

Eu me pergunto se um dia vou realmente ligar o foda-se e viver minha vida do jeito que eu quiser, como eu quiser, usando o que eu quiser e pesando o quanto eu quiser. Quando não vou me sentir mal pela dobrinha na minha barriga, ou pelos quadris que aumentaram de tamanho.

Mas só hoje vou ficar triste. No resto dos dias faço piadas sobre o assunto...

Só hoje vou ficar triste pelos caras que me constrangem na rua, dizendo coisas impróprias e agressivas. Porque no resto dos dias vou fingir que aquelas palavras, na verdade, são elogios.

Pronto. Já respirei, desabafei.

Agora tudo já pode voltar ao normal, até as críticas. Porque amanhã é outro dia e logo, sou outra pessoa.





to the haters










You Might Also Like

40 comentários

  1. Olá!

    O que dizer de suas palavras? Concordo com tudo, mas, é complicado quando temos que impor nossas opiniões numa sociedade cheia de (pré) conceitos... Enfim, temos que viver um dia de cada vez.

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Adorei o post, Rai.
    Sempre faço post sobre crítica porque já sofri muito com isso \o
    Não podemos ligar pra opinião das pessoas. Nós que valemos!
    www.iamcamilakellen.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Pois é, concordo com algumas coisas. Tão sempre impondo e impondo. Mas como nos impor né?

    Bjuuuuu
    http://www.blogjumedeiros.com

    ResponderExcluir
  4. É maravilhoso desabafar, né? Não devemos ligar pras críticas nada construtivas. Você é linda, e tem o direito de ter o cabelo, peso, pele, estilo que bem entender! Depois de ter lido esse post, fiquei ainda mais fã de você e seu blog!

    Beijos,
    www.bellaquebela.com // Maria Eduarda ♥

    ResponderExcluir
  5. Adorei o seu texto faça a sua palavras as minhas. Estou no ultimo ano do ensino medio todo mundo está colocando pressão em cima de mim me perguntando: qual faculdade? Faz que te da mais dinheiro tá? E todas essas coisa. Mas eu não me importo.
    Adorei esse gif no final.
    http://pensamentosdefabs.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Curso da faculdade é uma das coisas que mais as pessoas querem opinar!

      Excluir
  6. gostei m do texto, do desabafo; é assim msm, tem dia que a gente quer ficar quietinha, pensar nas nossas coisas e até sofrer mesmo

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  7. Me identifiquei muito com seu texto! O melhor é realmente não ligar e fazer o que te deixa feliz! Eu já ouvi TANTO que eu tinha que emagrecer, ou engordar, ou deixar meu cabelo crescer (porque segundo algumas pessoas, cabelo curto não é pra minha idade), que eu não poderia fazer faculdade de Moda porque não dá dinheiro, que eu tinha que correr atrás de um trabalho que me desse estabilidade financeira, que eu fico melhor com tal cor de cabelo do que com outra... Putz tanta coisa! Se a gente for ligar para cada coisinha que falam, a gente perde a nossa essência e vira o que os outros querem. Também tenho dias que fico mal, triste e tal, mas pensa que você é incrível do jeito que é e tenta ficar feliz assim! <3 Não fez muito sentido o meu comentário, mas enfim. HAHA Espero que você fique bem!
    Beijos

    www.fernandamrgd.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A gente pode tentar agradar um, mas sempre vai ter outro discordando....

      Excluir
  8. Por acaso do destino li seu texto com uma música de fundo que bateu profundamente, combinou muito. Eu concordo com suas palavras, o mundo está tão, tão, tão que não deixam nem espaço para respirarmos e tem vezes que nem pensamos, também acho importante viver os momentos de tristezas, eles nos fazem crescer também, e nos fazem ter uma opinião sobre o que estamos passamos, depois decidiremos o que será melhor (ao menos o que achamos melhor, e os nossos sentimentos que importam, o sentir-se bem). Gostei muito mesmo. :)
    a música é de uma cantora japonesa que está cantando em inglês nesta música... https://www.youtube.com/watch?v=CKPA8L5ZpqU

    http://entreonadaeotudo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito legal a música, dá certinho mesmo com o texto!

      Excluir
  9. Oie Raíssa =)

    Sofri bullying a adolescência toda por ser fora do padrão de beleza. Fiz loucuras para entrar no padrão até ficar doente ... e de verdade prefiro eu hoje com alguns quilinhos a mais do que eu magra e doente.
    Infelizmente vivemos em uma sociedade que ainda valoriza mais as aparências do que a pessoa em si.
    Parabéns pelo texto!

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  10. OLá!

    Eu acho que as pessoas acham demais sabe?

    Se importar com a opinião dos outros só faz mal, sempre queremos ser mais para alguém, seja para mãe, pai, irmão, namorado. Eu acho que as pessoas que te amam verdadeiramente estão felizes e satisfeitas contigo do jeitinho do que é. Preocupação com sua estética não é uma forma de demonstração de amor ou sei lá o que, só me importo quando alguém fala algo do genero se for por causa da minha saúde. Até porque eu como bobeira demais e acho que meu colesterol é alto e outros problemas como o de pressão, mas nunca quis emagrecer para mostrar para os outros ou até mesmo para mim. Fico frustada quando coloco uma blusa e ela não fecha direito, mas depois passa. Eu sou feliz do meu jeito e quem quer conviver comigo, tem que aprender a lidar com isso e parar de se importar com a minha vida.

    Não sei se sou bonita, magra, inteligente aos olhos da sociedade, mas para mim eu sou. E é isso que tem que importar.

    Desabafar é ótimo, mas evite levar essas criticas que não são nenhum um pouco construtiva para a sua vida. Independente de quem te disse, não merece atenção.


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E na maioria do tempo eu não levo mesmo. Mas as coisas vão se acumulando e tem uma hora que não dá pra não ligar, sabe?

      Excluir
  11. Ah moça, liga o foda-se sim. Poxa, eu sinceramente tento entender o que nos afeta dessa forma, o pq somos afetados com essas regras, condições, esses modismos impregnados sutilmente em nossas mentes, mas não entendo. Não sou muito do tipo que se importa com o que as pessoas acham ou falam, mas tem certas coisas que é preciso avaliar. Enfim, não se deixe carregar tanto também, amor próprio é o êxtase da vida, vale a pena.
    Bom... Seu desabafo passou, espero que volte tudo aos eixos!
    Passe bem.
    xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ligar o foda-se sempre tem se provado uma tarefa meio difícil , mas não impossível! Obrigada!

      Excluir
  12. Olá, Raissa.
    Primeiramente, queria dizer que fiquei muito feliz com seu comentário no blog. Que bom que gostou do texto, fiquei muito feliz mesmo. Sobre seu texto, quanta verdade descrita de uma forma simples, complexa e real! Meus parabéns, adorei o desabafo.
    http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oii! Gostei bastante do texto e da reflexão! :3 Eu sinceramente acho que, se vivermos nos preocupando com a opinião dos outros, logo não viveremos XD

    Beijos, Vickawaii
    http://finding-neverland.zip.net

    ResponderExcluir
  14. Oi Raissa!
    Adorei o seu texto e concordo com muita coisa nele. As pessoas deveriam parar de "você tem que isso, tem que aquilo". Isso é muito chato. Mas, pode ser que elas são tão infelizes que preferem mandar ou colocar defeitos nos outros para se sentir melhor.
    Você tem todo o direito de ficar triste por um dia, mas nunca passe de um dia! Parabéns pelo texto!
    Beijos

    LuMartinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você foi uma das poucas pessoas que lembrou que o deveria parar mesmo é o julgamento alheio, ao invés de apenas eu me importar ou não com o que dizem. Obrigada!

      Excluir
  15. Sabia que só por você ter publicado seu desabafo já significa que você está dando um passo pra tacar o foda-se pra todo mundo? Você não teve medo do que pensariam ao ler, só no quanto escrever te faria bem, e isso é o que mais importa. Me faço sempre essa mesma pergunta, "quando vou parar de ligar pro que os outros acham?". Essa semana mesmo, tava numa indecisão imensa de pintar o cabelo ou não, exatamente com medo de ficar ruim e não gostarem. Mas é mais importante eu estar bem comigo mesma, ou em agradar os outros? Mas aí é que tá, parece que um ta junto do outro né, é algo automático, que a gente não consegue controlar, não é um botão de liga/desliga. Então, é aquela coisa... Só falta criar a coragem pra dizer "O corpo é seu, por acaso?", e como eu já disse, você já está no caminho pra isso :)

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem resenha nova no blog de "O Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares", vem conferir!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É de comentários assim que gosto no fim do dia. Por eles sei que a pessoa realmente se deu ao trabalho de ler o texto e depois deixar uma mensagem. Leio tudo o que as pessoas escrevem aqui, mesmo o mais curto dos comentários. Mas os que realmente levo para minha vida são aqueles que, com muitas ou poucas palavras, me fazem sentir que quem escreveu realmente me entendeu ou que eu de alguma forma, ajudei aquela pessoa! Obrigada Carol!

      Excluir
  16. As duas melhores coisas: Escrever e não ligar para os outros, escrever limpa a alma e não se importar deixa tudo melhor mais feliz, poder pintar o cabelo da cor que quiser, pode usar uma cropped top e ainda se achar linda, não tem sensação melhor.
    Beijoos,
    Sétima Onda Literária

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é verdade, escrever é minha válvula de escape favorita e logo depois vem ler!

      Excluir
  17. Nossa, adorei o texto! Totalmente inspirador...
    As pessoas geralmente criticam e não pensam no quanto isso vai nos ferir e quanto a essas críticas, elas não são construtivas que nem deveriam ser, algumas machucam de verdade. Por isso, quando tentam me atingir, os atinjo de volta, não criticando que nem eles fazem, mas dando uma resposta que os faça parar pra refletir e nunca mais dizer isso.
    Parabéns por tudo!

    http://foradocontextoo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. adorei o texto , uma coisa aprendi e lhe digo a gente deve viver e ser da forma que gostamos e não ligar para que as pessoas dizem , se tu olha no espelho e se senti bem , se sente bonita , foda - se o resto rsrs a gente tem que viver pra nos não pros outros , ....

    beijos :) ótimo texto

    http://loucaapaixonada22.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oi Raíssa.
    Seu texto me fez lembrar sobre como eu era magricela no início da adolescência, por conta de uma anemia. Eu odiava! Então finalmente consegui engordar e, agora que perdi peso de novo, a preocupação voltou. É muita pressão, né? Estou tentando ligar o "foda-se", porque só nós mesmas sabemos tudo que enfrentamos no cotidiano. :)
    Beijos,

    Priscilla
    http://infinitasvidas.wordpress.com

    ResponderExcluir
  20. Infelizmente, muitas regras nos são impostas todos os dias. Nossa atitude é que deve mudar diante delas, nos render, ou cagar para elas também. Tenha uma semana abençoada, beijos!

    Blog Paisagem de Janela
    paisagemdejanela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  21. Há uma tempo atrás escrevi algo parecido.
    E quer saber, tô nem aí pro que as pessoas acham! Como o que tenho vontade, falo o que tenho que falar e choro quando quero chorar.
    Quanto ao peso, taí uma coisa que as vezes me incomoda, mas passa e sabe por que? Porque eu sou linda! E você também é!
    Independente de quanto pesa, o seu manequim, o grau dos óculos, a cor ou tamanho do cabelo.
    O resto a gente vai levando, inclusive os haters.

    Beijinhos,
    Aline Magalhães
    Sacola de Cores

    ResponderExcluir
  22. Oi Raissa, tudo bem contigo ???
    Mais uma vez amei o seu texto. Mais uma vez concordo com tudo o que você disse, e se pudesse, assinava embaixo !!!
    Temos opiniões muito parecidas, pelo menos quando relacionadas aos assuntos de seus textos.
    Falando em texto, o que você comentou, na verdade, tudo o que você comentou me fez lembrar de uma música bem fofa que de certa forma, está relacionada com tudo o que você falou, é a música Follow Your Arrow da Kacey Musgraves !!!
    Eu acho que uma das piores coisas que a sociedade já fez para as pessoas, é criar um padrão, e pior do que criar um padrão, é impor esse padrão e tornar errado, feio, terrível, qualquer pessoa que resolva seguir seu próprio padrão, suas próprias vontades, qualquer pessoa que resolva fazer o que é melhor para ela. A verdade é que, após anos e anos de propagandas, pessoas (e quando eu penso bem, percebo que a maioria são homens, indivíduos do sexo masculino) nos dizendo como deveríamos ser, como deveríamos agir, o que deveríamos vestir, como deveríamos nos portar, muitas pessoas ainda acreditam que esse padrão é verdadeiro, e que devemos segui-lo. Mas eu não penso assim, acredito que o belo é ser quem queremos ser, sem se preocupar com o que os outros pensam, ser perfeito é viver bem com nossas imperfeições !!! ^^
    Bom ... Acho que já falei demais, rsrrss

    Beijinhos
    Hear the Bells

    ResponderExcluir
  23. Olá Raissa!

    Acho que não preciso dizer que você é linda porque tenho certeza que você sabe bem, não é?
    Hoje eu estava lendo um livro do Stephen King, tranquilamente numa tarde de outono qualquer, quando de repente encontrei uma frase que me fez refletir muito, ela diz algo como: Se você pinta, se você escreve, se você dança, as pessoas vão encontrar uma maneira de falar mal disso, podem ter certeza.
    E eu chego a conclusão que não só tais ações, mas às vezes, ser quem você é originalmente, instiga quem não tem coragem de ser e precisa de retalhos alheios para compor a personalidade a falar mal.

    Filtre o coração.

    Adorei o seu blog! Se quiser fazer uma visita no meu, é este aqui: thaisancelme@blogspot.com

    Beijos

    ResponderExcluir
  24. Raíssa-linda,
    Permitir-se viver exige coragem. Na maioria das vezes, nos ocupamos com os compromissos e com a necessidade de atender as nossas expectativas e as das pessoas à nossa volta. Isso é diferente de viver, sabe? Viver mesmo, daquele jeito que fazemos o que temos vontade sem culpa. Sou o tipo de pessoa que, depois de passar a tarde assistindo a um filme ou lendo, pensa que não fez nada de útil. Eu sinto culpa por ter lazer. É uma coisa absurda! Uma regra social de ser sempre altamente produtivo que cansa e faz com que tudo perca sentido.
    Enfim, flor, você está certa em saber o que é melhor para você. Mas saiba que isso não fará as pessoas apontarem menos o os seus defeitos. Você precisa, sobretudo, aprender a ouvir os comentários alheios sem deixar que esses interfiram no seu humor e no modo como vive. ;) O resto é resto.

    Beijos, flor!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  25. Olá, Raissa.
    Como eu gostei de surfar por blogs e de repente encontrar o seu texto. Você deve saber: por pensar dessa forma está muitos passos adiante de pessoas embebidas desse tipo de pensamento mesquinho.

    Beijos!
    agathaodaisa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Obrigada por me visitar!
Beijos.

contatoooldr@outlook.com

Canal

Canal
Se inscreva!

Facebook

Estou lendo

Estou lendo
A Maldição do Tigre