Resenha: O Silêncio das Montanhas - Khaled Hosseini

abril 15, 2015


O Silêncio das Montanhas
O Silêncio das Montanhas traz como protagonista os irmãos Pari e Abdullah, que moram em uma aldeia distante de Cabul, são órfãos de mãe e têm uma forte ligação desde pequenos. Assim como a fábula que abre o livro, as crianças são separadas, marcando o destino de vários personagens. Paralelamente à trama principal, Hosseini narra a história de diversas pessoas que, de alguma forma, se relacionam com os irmãos e sua família, sobre como cuidam uns dos outros e a forma como as escolhas que fazem ressoam através de gerações. Assim como em O Caçador de Pipas, o autor explora as maneiras como os membros sacrificam-se uns pelos outros, e muitas vezes são surpreendidos pelas ações de pessoas próximas nos momentos mais importantes. Segundo o próprio Hosseini, o novo título "fala não somente sobre a minha própria experiência como alguém que viveu no exílio, mas, também sobre a experiência de pessoas que eu conheci, especial os refugiados que voltaram ao Afeganistão e sobre cujas vidas tentei falar tanto como escritor quanto como representante da Organização das Nações Unidas. Espero que os leitores consigam amar os personagens de O Silêncio das Montanhas tanto quanto eu os amo". Seguindo os personagens, mediante suas escolhas e amores pelo mundo - de Cabul a Paris, de São Francisco à Grécia -, a história se expanda, tornando-se emocionante, complexa e poderosa. É um livro sobre vidas partidas, inocências perdidas e sobre o amor em uma família que tenta se reencontrar.

Algumas vezes me atrevo a sair da minha zona de conforto literária e na maioria delas me surpreendo com o que encontro. Foi o caso de O Silêncio das Montanhas, meu tio me emprestou esse livro com a promessa de que eu iria me emocionar muito. Pois bem, dito e feito.
Realmente um livro de tirar lágrimas e fazer refletir sobre muitos assuntos da vida. Principalmente sobre a família.

Já por seus livros anteriores Hosseini demonstra que sabe como tocar o nosso coração e emociona a cada capítulo. É para ser lido em qualquer época da vida, mesmo aquela em que não estamos com muita paciência.

O livro vai sendo narrado, além dos próprios irmãos, por pessoas ligadas indiretamente a estória. Essa é uma característica que eu já gosto desde Extraordinário, porque assim temos perspectivas diferentes de como os acontecimentos vão afetando diferentes personagens.

Outra coisa que aprendemos com o livro é que mesmo quando as coisas vão mal ou não dão certo, sempre se pode tirar algo bom de tudo. A vida é feita de escolhas e das lições que tiramos de cada uma delas, boas ou ruins!

Enfim, recomendo que vocês também saiam de suas zonas de conforto e se entreguem a essa história emocionante.



You Might Also Like

19 comentários

  1. Oi Ra, tudo bem??? Sair da zona de conforto é muito bacana :)
    Acho que já tinha ouvido falar do livro, mas não tenho certeza. Acho que é um livro que eu leria, mas no momento, não estou mais podendo adicionar nem mesmo um livro na lista, hehhehhe
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá!

    Do Khaled eu li O caçador de pipas (razoável) e a Cidade do Sol (muito lindo). Não sei se leria esse, porque a escrita dele, por ser baseado na história do Afeganistão, é forte demais. Lá é tudo muito pesado, principalmente se você é mulher. Mesmo assim, é uma ótima sugestão para dar um pause nas leituras fofinhas.

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oiie! Amo sair da zona de conforto! Apesar que existe livros que estão na nossa zona que ainda nos surpreendem! Gostei bastante da sua resenha, ele entrará para minha lista!


    Beijos,
    www.carolespilotro.com

    ResponderExcluir
  4. Olá!

    Você falou desse livro. Eu não li e não conhecia esse livro. Acho sempre bom sair da zona de conforto uma vez ou outra, porque nos dá uma visão melhor e detalhada sobre o universo literario, fora que é sempre bom aumentar nossa biblioteca externa.
    Fico feliz que a leitura te fez refletir e repensar um pouco na sua vida ;)


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  5. As vezes, sair da zona de conforto é essencial. No fim das contas, é até bom sair do comodismo! Adorei sua resenha.
    www.iamcamilakellen.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Não conhecíamos o livro, mas parece ser muito bom. Também temos que sair de nossa zona de conforto em relação ao livros, pois temos muito livros do mesmo gênero e acabamos comprando mais e mais.

    Beijos


    http://www.onlyinspirations.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oláá! Estou saindo muitoo da minha zona de conforto literária ultimamente!
    O caçado de Pipas é maravilhoso! Vou tentar ler esse :D
    Adorei sua opinião!

    Beijão da Lari <3
    Brilliant Diamond | Fan Page | Twitter

    ResponderExcluir
  8. Oi Raíssa, tudo bem?
    Não costumo fazer muito isso sabe, mas devia! É muito bom msm para abrir novos horizontes!
    Eu nunca li nenhum livro desse autor (e acabei trocando um deles que tinha aqui em casa, rs), mas gostei muito do que vc falou na resenha. Também gosto de ver perspectivas diferentes num msm livro, e é tão legal qnd alguém indica um livro e a gnt realmente gosta! =D
    Beijos
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com
    / Tem Resenha Premiada e Foto do Leitor rolando! /

    ResponderExcluir
  9. Oi =D

    Li este livro ano passado e se tornou um de meus favoritos!
    Belíssima história, saímos de nossa zona de conforto, realmente.
    Mas é uma leitura que vale muito a pena!

    Ótima resenha =)

    Beijos,
    Livy
    nomundodoslivros.com

    ResponderExcluir
  10. Oi Raissa, tudo bem?
    Eu também gosto de sair da zona de conforto de vez em quando.
    Meu marido me deu este livro, mas ainda não peguei pra ler.
    A sua é a primeira resenha que leio dele, e com certeza vou olhar pra ele com mais carinho.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi, Raíssa.
    Também concordo que devemos sempre sair da zona de conforto e nos surpreender com novas histórias e gêneros. Li O Caçador de Pipas, mesmo sendo de outro gênero e amei a história, mesmo sofrendo e ficando triste em certos momentos. Uma vez eu li O Monte Cinco, do Paulo Coelho, mesmo não gostando da escrita do autor, e me surpreendi, pois gostei muito do livro.

    Acho que podemos sempre tirar algo de bom de todo livro lido.

    beijos

    http;//mundo-restrito.blogspot.com.br
    @rs_juliete

    ResponderExcluir
  12. Oi, Raissa! Tudo bem? Eu adoro sair da minha zona de conforto. Sempre quando saio acabo encontrando um ótimo livro! O Silencio das Montanhas parece ser um excelente livro. Sua resenha fez com que eu ficasse interessado em lê-lo! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi Raíssa, parece ser uma boa história e é sempre bom sair da zona de conforto
    Um beijo

    Suellen Esposte Blog | Facebook | Youtube | Instagram

    ResponderExcluir
  14. Se falou que emociona ja me animei rsrs! Adorei a resenha, vou incluir ele na minha lista!

    Beijooos

    http://patibborba.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi
    Gostei da resenha, não sabia muito bem sobre o que o livro falava mais já vi ele em sorteio, parece ser emocionante, acredita que até hoje não li caçador de pipas tenho que procurar ler, as vezes é bom sair da zona de conforto.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. tenho mt interesse em ler esse livro, o caçador de pipas só vi o filme, mas já deu pra perceber que as historias desse autor sao msm pra emocionar a gente

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  17. Sou louca pra ler esse livro... Ele está na minha lista de "Quero Ler" do skoob há algum tempo, só que tenho milhões de outros na frente kkkkkkkkkkkkkkkkkk. Eu amo a escrita do Khaled e os dois primeiros livros dele que eu li, amei e me emocionei demais... Ele sempre me destrói com suas histórias!

    www.vodkaescarpin.com.br

    ResponderExcluir
  18. Oi.
    Tenho esse livro em casa. Minha irmã comprou. Mas ainda não li, apesar de ela ter dito que é ótimo.
    A sua resenha me deu até um remorso por ainda não ter lido.
    Parece mesmo um ótimo livro.
    Abraços.
    Diego,
    http://diegomorais18.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  19. É ótimo quando nos arriscamos a ler outros gêneros e nos surpreendemos, ainda não li nada do autor mas só ouço elogios sobre o mesmo. Fiquei bem curiosa com esse livro ainda mais por ter pontos de vista diferentes, sou apaixonada por livros assim,
    Já estou seguindo,
    Beijoos,
    Sétima Onda Literária

    ResponderExcluir

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Obrigada por me visitar!
Beijos.

contatoooldr@outlook.com

Canal

Canal
Se inscreva!

Facebook

Estou lendo

Estou lendo
A Maldição do Tigre